Header Ads

REITOR DA UEA, AFIRMA QUE GESTÕES ANTERIORES FORAM CULPADAS PELAS MAZELAS NAS DEMISSÕES ATUAIS EM SUA GESTÃO, RESUMINDO OMAR E EDUARDO BRAGA CULPADOS. SEM FALAR EM SUA AMIGA DE PARTIDO A SRA MARILENE CORRÊA.

REITOR DA UEA, AFIRMA QUE GESTÕES ANTERIORES FORAM CULPADAS PELAS MAZELAS NAS DEMISSÕES ATUAIS EM SUA GESTÃO, RESUMINDO OMAR E EDUARDO BRAGA CULPADOS. SEM FALAR EM SUA AMIGA DE PARTIDO A SRA MARILENE CORRÊA.

“ Estamos corrigindo um problema que começou nas gestões anteriores desta reitoria", disse o reitor”.
José Aldemir.


AFIRMAÇÃO FOI FEITA NA REPORTAGEMDA GLOBO G1:
10/07/2012 11h53 - Atualizado em 10/07/2012 11h53
Reitor da UEA esclarece polêmica sobre demissão de professores
Professores ficarão no lugar dos 138 que tiveram contratos rescindidos.
Processo Seletivo Simplificado (PSS) encerra nesta sexta-feira (13).

A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) espera substituir até o dia 13 de agosto, quando começa o segundo semestre letivo, os 138 professores que tiveram seus contratos rescindidos com a instituição, após quatro anos de serviço. O Processo Seletivo Simplificado (PSS), publicado nesta segunda-feira (9), está sendo realizado em caráter de urgência e prevê contratação imediata de 125 docentes. A informação é do reitor da Universidade, José Aldemir Oliveira.
A contratação de docentes em regime temporário tem sido alvo de polêmicas e de processos movidos pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que argumenta que a contratação de temporários afeta a prestação de contas. O reitor José Aldemir, no entanto, explicou que a contratação destes 125 temporários irá substituir os que não têm condições de ter os contratos renovados.

"Os contratos são de seis meses, renováveis por mais seis, até o limite de quatro anos. A saída destes professores foi legítima. Mas se não houver a contratação imediata de outros, o ano letivo poderá ser afetado com a ausência de professores. Estamos corrigindo um problema que começou nas gestões anteriores desta reitoria", disse o reitor.
A inscrição é gratuita e vai até esta sexta-feira (13). Os salários variam entre R$ 4,5 mil e R$ 7,8 mil. Para quem atuar nas unidades da UEA no interior do Amazonas, como Tabatinga, Itacoatiara ou Tefé, o adicional de localidade pode elevar os salários para até R$ 11 mil, conforme a qualificação. As informações sobre o processo seletivo estão no portal da UEA, no endereço www.uea.edu.br.
Além deste PSS, informou ele, a UEA divulgou sete editais de concurso público para 248 vagas de professor em diversas áreas, os quais vão atuar em Manaus e no interior - Tabatinga, Tefé, Itacoatiara e Parintins. As provas do primeiro edital (81 vagas para as unidades no interior do Estado) foram realizadas na semana passada. "A nossa previsão é que estes concursados estejam em nossos quadros no início de 2013", afirmou.
Dos 1.090 professores da UEA, 670 são concursados. A instituição atende a 25 mil estudante em todo Amazonas.


Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.