Header Ads

A censura sobre a verdade, vai nessa manaus.



 Como Chumbo Grosso Manaus é contra a censura em plena Democracia Brasileira, vamos divulgar o trabalho do Magnifico escritor, poeteiro o Sr. Simão Pessoa, que por sua luta em mostrar aos brasileiros, em especial aos Amazonenses a verdade dos fatos, esta sendo eprseguido pela Coligação da Vai Nessa.
Abaixo Por:

Aldisio Filgueiras

Lula nem deveria ter vindo a Manaus, seu médicos não recomendavam essa viagem. Manaus é longe e tem longas noites sem energia elétrica. Mas Lula é teimoso, tanto que conseguiu ser presidente da República por dois excessivos mandatos. E o tinhoso veio. Fazer o quê? Botar farinha na omelete da candidata que ele mal conhece.

Lula disse no comício, realizado na noite de quarta-feira, 19, na Zona Leste da cidade, que viria de qualquer maneira, mesmo que fosse a pé, pela Belém-Brasília, porque seu interesse é derrotar o Artur Neto.

Foi seu primeiro erro: não saber onde fica Manaus, que sempre o recebeu com hospitalidade irrepreensível, de braços abertos e nunca lhe negou votos. Manaus que foi solidária com ele, quando a ditadura quis condená-lo à prisão por crime de opinião, num tribunal militar aqui da região. Manaus ajudou-o a eleger presidente uma senhora de quem mal se ouvira falar. Não se cospe no chão que se pisa.

Na mesma frase, Lula revelou que ainda não desencarnou da Presidência e está tendo surtos que o levam a continuar falando com destempero e agindo como os ditadores que ele ajudou a tirar da história recente do país. Lula quer derrotar Artur. Não lhe interessa eleger sua menina dos ovos de ouro. Seu caso particular é com Artur, que nunca lhe deixou governar o país da maneira, como se fosse um sindicato corporativo e não uma nação multicultura e de ideias pluralistas. É um caso mal resolvido lá em Brasília, que Lula veio desabafar em Manaus.

Por último, quem o nosso herói metalúrgico pensa que é, para mandar o eleitor de Manaus votar nesse ou naquele candidato, só para derrotar o Artur. Se o ex-presidente não nem aí para a supostamente sua candidata, se ele não respeita a pobre mulher que jura ter recebido uma cusparada na cara (ou foi um ovo?), poderia ter respeitado a massa de militantes que deixou de assistir o jogo do Brasil contra a Argentina para aplaudi-lo, sob um calor africano.

De qualquer maneira, o jogo do Brasil foi tão ruim quanto foi infeliz o palpite de Lula nas eleições municipais de Manaus, cidade que costuma usar a inteligência para votar e não se dobra a nenhum comando autoritário. Lula teve um apagão em Manaus. Bem que os médicos avisaram: não vai, Manaus continua tendo apagões, os mesmo que o senhor, presidente, disse que nunca, jamais em tempo algum voltariam a acontecer. Mas Lula é teimoso. E o tinhoso veio fazer uma desfeita contra a sua suposta candidata.



Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.