Header Ads

O Apagão Braga Ministro de Minas e Energias é acusado de se beneficiar da Empresa Manaus Energia no Amazonas



Empresa de energia elétrica beneficiou casa do governador

DA AGÊNCIA FOLHA

A empresa distribuidora de energia elétrica de Manaus (AM) favoreceu o fornecimento de eletricidade para a casa do governador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB), enquanto o sistema de distribuição da capital estava sobrecarregado e apagões eram frequentes, nos anos de 2007 e 2008.

Técnicos da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) constataram, em vistoria em outubro de 2009, que o alimentador -equipamento que distribui energia em uma área- da Adesa (Amazonas Distribuidora de Energia S/A) responsável por fornecer eletricidade para a casa de Braga teve a carga diminuída, enquanto a maioria dos alimentadores da capital estavam sobrecarregados.
Quando recebe sobrecarga, o sistema de distribuição de energia se torna instável e pode provocar apagões. Com uma carga menor, o risco de interrupção diminui.

A carga do alimentador da casa de Braga foi reduzida de 81,04%, em 2007, para 15,42% em 2008, quando mais da metade dos alimentadores de Manaus operava com carga superior a 100%.
No relatório, a Aneel aponta que a diminuição da carga foi um caso de tratamento diferenciado. Segundo a agência, diminuições localizadas só devem acontecer para preservar hospitais e serviços essenciais.

O presidente da Adesa à época da diminuição da carga, Willamy Moreira Frota, mora mesmo condomínio de Eduardo Braga.
A Adesa, que contesta o relatório da agência, diz que nenhum privilégio foi concedido e que o circuito atende outros 5.172 consumidores.

A assessoria de Braga nega que o pedido tenha partido dele e afirma que o governo não tem poder para interferir nas decisões da Adesa, controlada pela Eletrobrás. O Ministério Público do Amazonas informa que está investigando o caso.



Reportagem: JEAN-PHILIP STRUCK
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0102201015.htm

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.