Header Ads

Professores da rede municipal de Tefé e Coari recebem 872 tablets como parte do Pacto pela Educação do Amazonasonte

AMAZONAS - Em viagem a Tefé e Coari (a 872 e 363 quilômetros de Manaus, respectivamente) nesta segunda-feira, dia 26 de outubro, o governador José Melo entregou 872 tablets a professores da rede municipal de ensino das duas cidades. A iniciativa faz parte do Pacto pela Educação do Amazonas, que contempla reforço da tecnologia na melhoria do ensino público. Em Tefé, o governador também inaugurou uma quadra poliesportiva, anunciou obras nas áreas de educação e infraestrutura e lançou o Banco do Povo.
No total, 551 professores da rede municipal de ensino de Tefé receberam tablets, que deverão ser utilizados como ferramenta para melhorar o processo de aprendizagem. Os professores contemplados correspondem ao número total de professores da rede pública municipal que atuam ministrando aulas para turmas do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.

Durante viagem a Tefé, José Melo afirmou que os investimentos do Governo na cidade estão mantidos. Entre os projetos, esta a construção de uma Escola de Tempo Integral e de uma ponte no bairro Abiau. “Quero reafirmar todos os meus compromissos com Tefé. A obra da orla, a escola de tempo integral, a reforma da escola Maria Mercês, são alguns deles. Tenho o compromisso de construir a ponte do Igarapé do Abiau, além do compromisso de construir uma nova feira. No ano que vem entrarei de novo para ajudar na melhoria do sistema viário”, disse.
Ainda na área de educação, o governador destacou os investimentos no núcleo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) em Tefé. “Estamos fazendo o novo centro da UEA, são R$ 5,5 milhões que estão sendo empregados apesar da crise, entregamos novos títulos,  aumentamos a potência da internet e inauguramos o restaurante universitário”, frisou José Melo.
Como parte dos compromissos em Tefé, o governador inaugurou a quadra poliesportiva da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), que foi construída com recursos R$ 585.499,61 em convênio com o Fundo de Promoção Social (FPS). Ele também lançou o programa estadual de microcrédito Banco do Povo, que iniciou as operações no município com aportes de R$ 1,2 milhão em 223 projetos de microempreendedores.
A nova quadra da Apae de Tefé vai atender 184 alunos da instituição. O espaço tem 730,48m² de área construída e foi projetado para melhorar o atendimento a pessoas com deficiência mental e outras associadas como autismo, física, motora, visual, auditiva e síndromes. A Apae Tefé já havia sido beneficiada em outro convênio com o FPS, no valor de R$ 294 mil, em 2011, para aquisição de um ônibus climatizado de 46 assentos, assegurando o deslocamento dos alunos para participar das atividades educacionais e extra-classe desenvolvidas pela Associação.
Professores de Coari contemplados - No início da tarde, em Coari, o governador José Melo entregou 321 tablets a professores da rede municipal.  “Eu não poderia pensar apenas em melhorar as escolas do Estado e deixar de lado os professores municipais. Por isso decidimos lançar o plano para melhorar a educação e contemplar esses professores com tablets. Os alunos do ensino básico de hoje são os alunos do ensino médio de amanhã e precisam ter uma boa formação”, destacou José Melo.
A professora Neila Maria Guimarães, há 17 anos lecionando na rede municipal de Coari, elogiou a iniciativa. “O professor precisa ficar sempre atento às novidades e nós temos que nos reciclar sempre para passar a melhor instrução aos nossos alunos. Os tablets vão nos ajudar não só nesse sentido, mas também com os conteúdos que já vem junto deles”, afirmou ao se referir aos conteúdos educacionais já disponíveis nos tablets que receberam.
Ainda em Coari, José Melo anunciou para fevereiro de 2016 a inauguração do Centro de Educação de Tempo Integral da cidade, que também vai receber investimentos na reforma de onze escolas, das quais oito já iniciaram obras.
Durante a viagem ao município, o governador também lançou o Banco do Povo, com o financiamento de R$ 792 mil em 137 operações de crédito a trabalhadores autônomos, microempreendedores, produtores rurais e micro e pequenas empresas.
Pacto pela Educação – O Pacto pela Educação do Amazonas prevê a entrega de 28 mil tablets a professores da rede pública municipal que atuam ministrando aulas para turmas do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, em todo o Estado.  Além do auxílio da tecnologia, o Governo do Amazonas reforçou a oferta de qualificação aos professores.
“Com o Pacto pela Educação do Amazonas, que é uma grande iniciativa do governador José Melo, pretendemos auxiliar as prefeituras em um projeto conjunto para elevar a qualidade do ensino regional. Todos os professores da Seduc já receberam os tablets. O benefício agora vai alcançar 28 mil professores municipais”, disse o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares Silva.
Lançado no último mês de setembro pelo governador José Melo, o Pacto pela Educação do Amazonas busca promover entre as prefeituras municipais o cumprimento de metas consideradas estratégicas para a evolução educacional da região.
Entre as metas estão a ampliação, de maneira uniforme para todos os municípios, de 0,2 pontos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) a cada biênio, de modo que cada localidade do Estado alcance o crescimento de 0,6 pontos até o final de 2019; a redução – também de maneira uniforme para todos os municípios – de 2,0 pontos ao ano da taxa de distorção-idade série, de modo que esta taxa seja reduzida em 8,0 pontos até o final de 2019.
 O Pacto também sugere a ampliação dos índices de aprovação escolar, que denotam a efetiva aprendizagem dos estudantes. Para esta terceira medida, diferentemente das medidas anteriores, as metas foram estipuladas de forma individual e específica para cada município, observando as taxas de aprovação que cada localidade vem alcançando desde 2011.
Por meio do Pacto, o Governo do Estado também solicitará o comprometimento das prefeituras para a aplicação, conforme legislação federal, de 60% do valor do Fundeb em remuneração dos profissionais da educação e que, também conforme legislação federal, 25% dos recursos municipais sejam empregados no sistema público de Educação.
Fonte - http://www.amazonas.am.gov.br/2015/10/professores-da-rede-municipal-de-tefe-e-coari-recebem-872-tablets-como-parte-do-pacto-pela-educacao-do-amazonas/


Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.