Header Ads

Aconteceu em 2012 – Eduardo Braga chamou Hissa de quinta coluna (traidor) e por coincidência Hissa entra no PDT para ser Pré-candidato a Prefeito de Manaus.

MANAUS – Hissa volta ao PDT para casa de seu Pai Político, mas em 2012 Eduardo Braga soltou essa pérola:

Ao negar que o ex-secretário Vital Melo (PT) tenha sido indicado pelo prefeito Amazonino Mendes (PDT) para ser o vice de Vanessa Grazziotin (PCdoB), o senador Eduardo Braga (PMDB) chamou o vice do tucano Artur Neto (PSDB) de quinta coluna: “Quem foi indicado pelo Amazonino foi o Hissa Abrahão, que sempre foi o ‘quinta coluna’ dentro do esquema do PPS, pago pelo esquema do Amazonino e do Egberto Batista”. Foi na quarta-feira, em comício de Vanessa, na Cidade Nova”, disse Braga.

Para entender o significado da expressão: quinta coluna é o termo usado para designar traidores de guerra ou de uma causa. Conceito que define pessoas que, infiltradas, prestam serviços para outros grupos.
Sobre a declaração de Braga, Hissa reagiu: “O Eduardo é cria do Amazonino, foi vice-prefeito do Amazonino, cresceu na política com o apoio do Amazonino e agora, de forma ingrata, quer apagar o Amazonino da história da dele”.
Hissa ainda cutucou: “Ele tem que criar vergonha na cara e, ao invés de tentar impedir o surgimento de novas lideranças, honrar o mandato de senador, que está muito fraco”. Eduardo Braga largou o Senado para ser Ministro e deu o lugar para sua Esposa Sandra.

Hissa no PDT
O ato de sua filiação aconteceu dia 16.03 na sede Nacional do partido, em Brasília, na presença do presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, e de vários parlamentares.
Na oportunidade, o parlamentar informou que, em um primeiro momento, assumirá o comando do Diretório Municipal da agremiação partidária.
“Fico feliz em poder assumir o PDT, com quem sempre mantive contato, mesmo estando no PPS (Partido Popular Socialista), onde aprendi e construí minha carreira política. Vou arrumar o Diretório Municipal, oxigenar o partido e somar forças para firmar um processo competitivo nas eleições de 2016”, destacou, Hissa.
“Minha entrada no PDT viabiliza um projeto municipal, que nos credencia para a disputa das eleições de 2016, e, principalmente, para o plano do partido nas eleições de 2018 para a Presidência da República com Ciro Gomes”, asseverou.
O presidente do PDT, Carlos Lupi, informou que a chegada de Hissa ao partido visa reestruturar a instituição partidária no Amazonas.
“Ele é um homem experiente, preparado e de ideias novas. Tudo que o nosso partido precisa no Estado amazonense. Sem sombra de dúvidas, ele será o novo oxigênio do PDT no Amazonas”, afirmou.
Lupi, destaca, ainda, que a filiação de Hissa o credencia como candidato a prefeito de Manaus. “Ele entra com a garantia nacional que é o nosso candidato a prefeito. Nós não temos duas palavras, não voltaremos atrás. E ele tem reais chances de ganhar a eleição e vamos trabalhar duro para isso”, disse.

Fonte: PDT e google.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.