Header Ads

LAMENTÁVEL BRASIL - Cristovam Buarque (PPS) diz que o impeachment contra a Dilma é golpe

“Para ele, o impeachment é um instrumento legítimo e constitucional, mas fazer diferente do que a Constituição diz sobre o assunto é golpe”.

BRASIL - Ao comentar a atual crise política do país, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) afirmou, nesta sexta-feira (8), que nunca os brasileiros falaram tanto sobre um assunto como o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Todavia, observou ele, o que está havendo é torcida, contra e a favor, e não um debate aprofundado. Para o parlamentar, os brasileiros não estão conseguindo articular uma discussão mais detalhada sobre o tema, tampouco sobre as consequências de um eventual impedimento da chefe do Executivo.
 O tema está polarizado, sectariamente, de modo que não é possível convencer as pessoas, mas convertê-las. O problema é que política não se faz com conversão, mas com convicção. Estamos torcendo e não debatendo com a profundidade que deveríamos. E estamos exigindo opções imediatas. Até há pouco tempo o 'Fla x Flu' era entre o PT e o PSDB. Agora, ficou entre o PT e o PMDB — lamentou.
O senador informou que está analisando o tema para tomar uma posição se o pedido passar pela Câmara e chegar ao Senado. Para ele, o impeachment é um instrumento legítimo e constitucional, mas fazer diferente do que a Constituição diz sobre o assunto é golpe.
Em aparte, o senador Telmário Mota (PDT-RR) defendeu a presidente Dilma Rousseff, lembrando que ela não está citada na operação Lava Jato, mas que o vice Michel Temer e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, estão.
Já Lindbergh Farias (PT-RJ) disse que, uma vez derrotado o impeachment, a saída para o Brasil é o governo se reinventar com cara nova, ministros novos e novo programa econômico.
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

24 comentários:

  1. Eu,que pensava que esse cidadão tivesse compromisso com os votos que o povo lhe deu... não vejo um que se salve nessa merda!!!PQP...

    ResponderExcluir
  2. Estranhada que um senador fale de essa maneira dos próprios colegas da Câmara. quando instaurado legitimamente um empeachment, NÃO É GOLPE.

    ResponderExcluir
  3. Profr Buarque eu tenho maior admiração pelo senhor sempre o achei inteligente sempre em prol da educação, equilíbrio.
    Mas ao ler essa matéria estou incrédula diante da sua postura.
    Sou esposa do seu amigo Pacheco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, achei que Cristovão selecionasse melhor suas amizades.Que bom que o Pacheco vai perder um amigo.

      Excluir
    2. http://noblat.oglobo.globo.com/artigos/noticia/2015/12/foram-golpes.html

      Excluir
  4. Este é mais um bosta propinado. Que nojo, não tem vergonha de abrir a boca para falar merda.

    ResponderExcluir
  5. É sempre muito diferente uma pessoa falar com a enfase dos profissionais da mídia e falar com amparo das legislações específicas, aí se ver uma discrepância abismante e nem sempre é aceita diante de uma matéria já propalada pela imprensa, QUANDO SE FALA DOS DITAMES DAS LEIS ESTA SE FALANDO DE ALGO SEM EMOÇÃO MAS QUE TEM UM VALOR DETERMINANTE E PRECISA SER DEFINITIVO, CABAL, SENÃO NUNCA TERÁ FIM UMA DISCUSSÃO. Se este resultado é o que queremos não se pode afirma, mas sabemos que algo tem que ser decidido e sem a presença da emoção para não corrermos o risco da ilegalidade, e gerar inúmeras ações na justiça o que oneraria e muito os cofres público, ou seja, pode até não ser o que esperamos, mas precisa ser o que dita lei, senão ficamos sem amparo legal e sem amparo legal continua sendo alvo de litígios.

    ResponderExcluir
  6. Vocês são todos otarios cara, não sabem de nada, verdadeiroa analfabetos políticos, que só têm como referência, o que Willian Bonner fala no JN.Não têm opinião própria, são todos carrinhos de controle remoto, que vão na direção que os grandes interesses desse país querem.É por causa de pessoas como vocês, que aqueles safados como Cunha, Aecio, Serra, FHC e outros tantos, estão lá, roubando a nação, otários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Explicou bem qual é a referência dos coxinhas.

      Excluir
  7. As publicações neste espaço são manipuladas, o chefe só publica o que quer e os leitores ficam igual índio na TABA só dizem sim.

    ResponderExcluir
  8. Cuidado população.... Em 1964, quando o impechement (impedimento) foi consumado contra João Goulart (Jango), o Brasil teve 30 anos para se arrepender, foi mais ou menos por ai que os milicos ferraram a nação por 30 longos anos, o UDN partido de direita , não admitia, que Jango pudesse governar e um golpe foi deflagrado contra o governo devidamente eleito, e todos viram no que deu, Se liga Brasil!!!!! O sujo, não pode falar do mal lavado..... Mais valeria aceitar eleições gerais do que deixar essa corja de PMDbistas assumirem o governo, com polpa de salvadores da Patria....... se colocar todos num saco, se desperdiça o saco!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Professor, admiro seu trabalho e espero que, ao aprofundar sua análise, possa chegar a uma conclusão diferente sobre as pedaladas da presidente.
    Respeitosamente chamo a atenção para o detalhe:o pedido de impeachment não tem relação com a lavajato.

    ResponderExcluir
  10. Professor, admiro seu trabalho e espero que, ao aprofundar sua análise, possa chegar a uma conclusão diferente sobre as pedaladas da presidente.
    Respeitosamente chamo a atenção para o detalhe:o pedido de impeachment não tem relação com a lavajato.

    ResponderExcluir
  11. Professor, sempre admiro e respeito seu trabalho!!
    Espero que ao finalizar sua análise possa constatar a dura e frustrante realidade das pedaladas da presidente.
    Em tempo:impeachment e lavajato são temas separados. Obrigada

    ResponderExcluir
  12. Cheguei a pensar em votar nele, em uma eventual candidatura presidencial em 2018...
    Depois dessa, não mais....

    ResponderExcluir
  13. Caro senhor, fui seu aluno no mestrado ...depois dessa o que lhe reatou foi o respeito pela faixa de pedestres e mais nada! Que a sua consciência tenha vida longa!

    ResponderExcluir
  14. Como membro deste partido solicito Presidência do mesmo a expulsão desse senhor que não merece carregar a Legenda junto a seu nome.

    ResponderExcluir
  15. http://noblat.oglobo.globo.com/artigos/noticia/2015/12/foram-golpes.html

    Atenção com meias palavras

    ResponderExcluir
  16. Esperar o quê de um defensor de traficantes1

    ResponderExcluir
  17. Sr Cristóvão,admiro muito o Sr,está decisão,de ser contra o impitman,é ser sábio,e avistar o caminho correto de se seguir,a comissão que aprovou o relatório de impitman,veja os perfil de cada um que votou a vavor,Maluf é um deles olhe os demais.....,deveria ter sido por integrante de nenhuma mácula se quer na vida civel, política e outros,aí sim,para mim como brasileiro que sou,fico trite o rumo que se chegou,viajo todos os anos para o nordeste,lugar que sempre foi esquecido,onde a fome a miséria castigou está região,são os excluído do Brasil,a Dilma vem resgatando o que é de direito um pouco das riquezas levando aos mais pobres,que é morar no que é seu,alimentando um pouco melhor,ache ruim quem quizer,sou do lado das injustiças sócias,está sua decisão e acreditar no melhor para o nosso Brasil,nosso Brasil,não pode e não deve ser governado,por Temer ou cunha,olha as acusações de cunha de contas em outros bancos fora do Brasil,o Temer comeu no mesmo prato e cuspiu,traidor,aproveitador nas caladas das fraquezas principalmente de uma mulher,que honra a saia que tem,enquanto muitos homens não honram a calça que veste,abraço a tos os homens de bem,e as mulheres guerreiras representadas no topo da pirâmide,que é a presidência da república.

    ResponderExcluir

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.