Header Ads

A ESQUERDA ESTÁ TREMENDO DE MEDO. VEM AÍ O GENERAL ETCHEGOYEN. CHUMBO GROSSO NO GOVERNO PARA EXTERMINAR COM A BAGAÇA COMUNISTA.

BRASIL - O general gaúcho Sérgio Westphalen Etchegoyen, de 64 anos, foi o escolhido por Michel Temer para assumir como ministro-chefe da Secretaria de Segurança Institucional. A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) também ficará subordinada à pasta. Atuando desde março de 2015 como chefe do Estado-Maior do Exército brasileiro, coordenando a atuação operacional e a política estratégica dos militares em todo o país, Etchegoyen é natural de Cruz Alta e ingressou na Academia Militar das Agulhas Negras, que forma os oficiais militares, em 1º de março de 1971, tendo escolhido a arma de Cavalaria.

A esquerda revolucionária está esperneando como galinhas depenadas com a nomeação do General, que tem por objetivo combater terroristas que se escondem por trás de movimentos sociais, sindicatos, movimentos estudantis e sobretudo, combater grupos bolivarianos que se infiltram nas fronteiras do país. Jornalistas psicopatas e comunistas como Paulo Henrique Amorim, já começam a gritar como prostitutas violadas, com medo das estratégias traçadas pelo General, reconhecido por sua mão de ferro e sua conduta linha dura. A esquerda está tremendo depois que o General de ferro disse que os dias dos Movimento Sociais, debiloides comunistas e anarquistas baderneiros estão contados. A militância depravada vai ter de botar o rabinho entre as pernas, porque o General vai largar o aço.
O General Etchegoyen é totalmente anti-comunista e nutre um certo descontentamento com a esquerdinha nojenta. O General condenou a tentativa da esquerda de difamar a honra de seu pai. Em 2014, após a divulgação do relatório das conclusões da Comissão Nacional da Verdade, que investigou fatos ocorridos durante o regime militar, o general foi o primeiro oficial de alta patente a se manifestar sobre a questão, ao ter o nome do pai, general Leo Guedes Etchegoyen, morto em 2003, incluído na lista de 377 agentes do Estado considerados responsáveis por crimes na época da ditadura. O General emitiu uma nota de repúdio ao governo ideológico de esquerda e disse que iria processar o governo por difamação e perseguição.
Agora Etchegoyen está no poder, e esta esquerda bandalha terá muito o que explicar, principalmente os vigaristas vermelhos que tentaram difamar a história de seu honrado pai. Vão ter que correr muito, se esconderem  nos bueiros ou nas sarjetas, pois não haverá um dia de paz para esta gentinha escrota, baixa, mentirosa, vagabunda, safada, golpista e corrupta. Os dias da esquerda militante, arruaceira e terrorista está no fim, e uma Corte Militar espera por Stédile, Boulos, Vagner Freitas e outros terroristas camuflados de líderes revolucionários. LARGA O AÇO GENERAL! QUEBRA ELES!
A página Politicamente Irado, fez uma matéria sobre o assunto, intitulada " O FATOR MILITAR NO GOVERNO TEMER".  Reveja a matéria e as estratégias do Alto Comando do Exército para os dias que virão no Link abaixo:

FONTES: http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/05/sergio-etchegoyen-ministro-da-secretaria-de-seguranca-institucional.html

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.