Header Ads

O prefeito Artur Neto (PSDB) continua seu TEATRO ELEITORAL sobre a passagem de ônibus e ataca José Melo.

MANAUS – Ontem O Prefeito ator de teatro Arthur Neto disse, que se o preço de sua briga para manter o valor da passagem de ônibus em R$ 3 reais for o seu rompimento político com o governador José Melo (Pros), ele está disposto a pagar. “Se for comparar o tamanho da minha estima, eu gosto mais de Manaus do que de todo mundo”, disse Artur. 

Em coletiva, o prefeito não escondeu a irritação com o governo do colega, que desde janeiro não repassa ao município a parte que lhe cabe dos subsídios dados às empresas de ônibus. 

CRÍTICA AO GOVERNADOR E AVISO PRÉVIO DE ROMPIMENTO
Artur cobrou que o governo estadual cumpra o acordo que tem com a prefeitura. Caso contrário, ele dará o jeito de pagar a parcela do município e do Estado. “Se for para botar em dia e atrasar depois, é melhor não botar em dia que eu resolvo sem atraso. Não está certo esse atraso”, criticou.
Segundo a prefeitura, a dívida do Estado chega a quase R$ 6 milhões, e tem sido usada pelos empresários como arma para pressionar Artur pelo reajuste.
Prova do quanto a relação de Artur com Melo está por um fio são as críticas que o tucano fez ontem contra o secretário Afonso Lobo (Sefaz). Para o prefeito, em vez de resolver o problema, o titular da Sefaz fica fazendo comentário infeliz sobre o tema.

 “Se (Afonso) entende tanto de transporte assim, eu poderia ter indicado ele para o Ministério das Cidades. Espero que o secretário leve em conta que o dever dele é pagar isso”, declarou o prefeito.


Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.