Header Ads

#BastidoresLavaJato - Lançamento do Livro Lava Jato confirma as famas do Juiz Sérgio Mouro e do Japonês da Federal

JUIZ SÉRGIO MOURO
Moro chegou discretamente e arrastou as centenas de pessoas que aguardavam para ver, conversar e tirar fotos com o magistrado para a frente da livraria. O juiz federal, que dificilmente fala com a imprensa, afirmou que ainda não leu o livro de Netto, mas que a leitura deve ajudar a mostrar os bastidores do trabalho dele e da força-tarefa, trazendo o público para mais perto da Operação. “Com certeza é um belo trabalho, de muito fôlego. Vim na expectativa de ganhar um exemplar”, brincou.

Moro passou a noite cercado por seguranças em um setor reservado da livraria, onde recebeu cumprimentos e presentes de admiradores, que não saíram de perto do juiz e saíram felizes de receber um aceno ou até autógrafo do magistrado. “Viva Sergio Moro, viva a Lava Jato”, gritavam. Moro deixou a livraria por volta das 21 horas, com aplausos.
Os procuradores do Ministério Público Federal (MPF), Diogo Mattos, Carlos Lima e delegados da Polícia Federal (PF) Igor Romário de Paula e Érika Marena que fazem parte da equipe da Força-Tarefa também estiveram presentes no lançamento e receberam cumprimentos e pedidos para autografar os livros. A colunista e comentarista da TV Globo, Miriam Leitão, mãe de Netto, também esteve presente no lançamento. “Fico feliz duplamente como mãe e como jornalista pelo trabalho do Vladimir pela profundidade da apuração sobre a história que está mudando o Brasil”, disse.

Vladimir Netto, autor do livro, afirmou que se sentiu muito bem recebido em Curitiba e que se sentiu na obrigação lançar a obra na capital. “Fico feliz que estar aqui, nesta cidade que me acolheu tão bem, para lançar este livro que é uma história de todo um país”, afirmou.

JAPONÊS DA FEDERAL
O policial federal Newton Ishii, o “japonês da Federal” - que cumpre pena de 4 anos e dois meses por facilitação de contrabando na fronteira de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná - foi um dos “famosos” que estiveram presentes ao lançamento do livro Lava Jato - O juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil nesta terça-feira (21). Em uma rápida passagem no evento, realizado em uma livraria de Curitiba, ele foi muito tietado pelos presentes.

Ishii chegou acompanhado da esposa, tirou dezenas de fotos e autografou livros, mesmo após a manutenção de sua condenação em segunda instância pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ). O “japonês” evitou falar com a imprensa e deixou o local logo após posar para fotos. Após ser preso em 8 de junho, ele foi libertado e cumpre pena com o uso de tornozeleira eletrônica.
O agente é chefe de carceragem da Superintendência da Polícia Federal (PF) do Paraná e responde pela logística e escolta de presos para locais como Instituto Médico Legal (IML), penitenciárias e audiências na Justiça e ficou famoso ao parecer ao lado de empreiteiros e políticos presos pela Operação Lava Jato e virou até marchinha de carnaval.

Fonte:  Gazeta do Povo

Um comentário:

  1. A nação agradece a coragem e o patiotismo do Juiz Sergio Moro e GOD SAVE THE FEDERAL JUDGE

    ResponderExcluir

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.