Header Ads

Cenário Político em Manaus exclui Rebecca Garcia pela corrida da Prefeitura de Manaus

MANAUS - Chumbo Grosso pensa que Eduardo Braga conseguiu acabar com esse sonho da ex-deputada atualmente do PP o partido mais corrupto do País.


EM 2012
Questionada sobre o episódio de 2012 que a tirou da disputa eleitoral à Prefeitura de Manaus, no último dia de prazo para a convenção partidária que homologaria o nome dela, e um possível uso político daqueles fatos na campanha eleitoral deste ano, já que ela estava se unindo com o senador Eduardo Braga (PMDB), que à época foi apontado como o responsável pela desistência da candidatura da deputada, Rebecca Garcia (PP) disse que prefere “esquecer o retrovisor” e olhar para o futuro. Ela disse que a internet pode ser usada para o bem ou para o mal e que muita gente pode querer usar o episódio para tentar prejudicar a chapa Eduardo-Rebecca, mas também disse acreditar que mesmo que tivesse mantido o propósito inicial de disputar uma candidatura ao Governo do Amazonas, estaria propensa a ataques.
O senador Eduardo Braga fez um apelo à imprensa para que não se deixe contaminar pelas baixarias na campanha eleitoral e disse que nunca falou sobre o episódio de 2012 em respeito a Rebecca. Ele chamou de “maldade perversa” a prática de pessoas que usam a internet para divulgar informações sobre a vida íntima das pessoas, de forma anônima, e pediu respeito às pessoas e às famílias na campanha eleitoral. “Essa baixaria e essa sacanagem, vamos deixar para quem não tem argumento e quem não tem proposta de governo”, afirmou.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.