Header Ads

100 desocupados artistas americanos se unem para derrubar Donald Trump para manter a desordem

MUNDO - Um grupo reunindo cerca de 100 artistas da música e do cinema firmaram um documento pela "união contra o ódio" para impedir que o candidato republicano, Donald Trump, chegue à presidência dos Estados Unidos. Somos uma coalizão de artistas que, atualmente, se une aos milhões de americanos no compromisso de derrotar o candidato republicano, Donald Trump – diz a moção, publicada no site Unitedagainsthate (unidos contra o ódio).

O documento é firmado por atores como Mark Ruffalo, Kerry Washington, Julianne Moore, Jane Fonda e Lena Dunham; e por estrelas da música como Michael Stipe, Moby e DJ Spooky, entre outros.
Acreditamos que temos a responsabilidade de utilizar nossa fama para alertar sobre o risco de uma presidência de Trump –, destaca o documento, apoiado pela associação progressista Moveon.org.

Sua retórica e suas propostas políticas excluem, denigrem e prejudicam mexicanos e latinos, negros, muçulmanos, a comunidade LGBTQ, as mulheres, os que lhes proporcionam cuidados médicos, os asiáticos, os refugiados, os deficientes e a classe trabalhadora – denuncia o texto, também firmado por Jane Fonda, Patricia Arquette e Woody Harrelson.

Convocamos todos os americanos a se unir ao lado bom da história e a utilizar nossas vozes e nossos votos para derrotar Donald Trump e a ideologia do ódio que representa.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.