Header Ads

Sérgio Moro desabafa "Há algo de errado em um sistema criminal que leva tanto tempo para produzir uma condenação definitiva."


BRASIL - "Há algo de errado em um sistema criminal que leva tanto tempo para produzir uma condenação definitiva." O desabafo é do juiz federal Sérgio Moro - que conduz os processos da Operação Lava Jato, em Curitiba - em despacho de fevereiro sobre a execução de pena de prisão para o ex-funcionário do Banco do Estado do Paraná Aldo de Almeida Júnior, "quase 20 anos desde os crimes" e "quase 12 anos desde a sentença de primeiro grau".

O réu foi o principal condenado entre os agentes públicos do banco no mega esquema criminoso do Caso Banestado.
"Trata-se de processo relativo a um dos maiores crimes financeiros da história recente do Brasil, com a estruturação de esquema fraudulento de remessa de pelo menos R$ 2.446.609.179,56 nos anos de 1996 a 1997 ao exterior, o que favoreceu criminosos de toda a espécie", resume Moro.
No despacho do dia 2 de fevereiro, que ainda não havia sido tornado público, o juiz da Lava Jato recebe do STF autorização para mandar executar a pena prisão de Almeida Junior, após uma novela infindável de "recursos protelatórios". No documento, em tom de desabafo, ele ataca a estratégia da defesa - fruto do sistema de recursos judiciais brasileiro - e as prescrições de penas no caso.
O juiz da Lava Jato conduziu o processo originário do escândalo do Banestado, que apurou fraude bilionária via envio de recursos para fora do País por meio de contas de residentes no exterior (contas CC5). Na denúncia do Ministério Público Federal - recebida pela Justiça Federal, do Paraná, no dia 6 de agosto de 2003 -, 14 ex-funcionários do banco foram acusados por evasão de divisas e formação de quadrilha. Os réus foram condenados no dia 2 de agosto de 2004 a penas de prisão que variaram de 4 a 12 anos.

3 comentários:

  1. Isto é uma vergonha, que sistema é esse, a finalidade deste sistema é a impunidade de bandidos?

    ResponderExcluir
  2. há algo de muito errado e PODRE no sistema criminal do nosso país, Dr. Moro. Bem como, podemos incluir, no sitema judiciário, político, etc e etc.

    ResponderExcluir
  3. Qual a finalidade SJ ? Não seria pela condenação e clareza dos caso ? Mas parece que virou um escudo protetor de criminosos.

    ResponderExcluir

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.