Header Ads

Presidente Interventor do PPS Davi dos Feirantes a mando de Guto Rodrigues escondem documentos dos militantes do partido por ordem de Arthur Neto (PSDB).

MANAUS - Durante a madrugada do dia 11, o Presidente Interventor do PPS de Manaus, aprisionando documentos pessoais de candidatos opostos à aliança com o PSDB, agiu com extrema violência ameaçando de morte o coordenador nacional da Juventude do PPS, além de agredir a outros filiados, militantes e candidatos que pediam a entrega de seus documentos pessoais para se registrarem candidatos na chapa de oposição ao Prefeito. 


O PPS segue rachado nas eleições 2016 em Manaus. Após ter realizado Coletiva de Imprensa para anunciar o apoio a Marcelo Ramos, ter realizado convenção e registrado ata confirmando a decisão, o partido rachou quando Guto Rodrigues, presidente regional, negociou na calada da noite o abandono da candidatura de Marcelo, e o apoio ao candidato Arthur Virgílio do PSDB.
Guto destituiu a direção municipal, e pôs no comando do PPS manauara uma direção interventora, composta somente por membros que estão filiados ao partido há menos de 6 meses, liderando o grupo, Davi dos Feirantes, o homem que segura nas mãos as pastas requeridas, e que agride a militância enquanto nega a devolução. 

É desta forma que Arthur Neto tem manobrado para ter o Partido Popular Socialista no seu arco de alianças em Manaus - AM.
Texto: PPS Jovem

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.