Header Ads

Após enxurradas de críticas o ex-cantor Junior Lima de abre a porta mariquinha, arregou e divulgou nota oficial para dizer que nem é de esquerda e nem é de direita por criticar Jair Mito Bolsonaro o maior político das Redes Sociais atualmente com mais de 4,3 milhões de seguidores.

BRASIL - Depois do ato de intolerância de Bruno Gagliasso, ator da Globo que se recusou a sentar ao lado de Jair #bolsonaro (PSC-RJ), durante o UFC Rio de Janeiro, realizado na Arena da Barra da Tijuca, no sábado (3), o parlamentar foi atacado por outro artista, nesta segunda-feira (5).

Em entrevista à TV Folha, do jornal Folha de S. Paulo, o cantor Junior Lima, filho de Xororó e irmão de Sandy, com quem fez dupla na infância e parte da adolescência, criticou Bolsonaro.
“Dá medo de ver Bolsonaro querendo ser presidente, não é possível o discurso de ódio que esse cara tem. Discurso de ódio não vai me convencer nunca, porque não é por aí.

De acordo com o comunicado, o irmão de Sandy disse que escolheu escrever a nota para "evitar qualquer descontextualização ou interpretações diversas".
Prezado leitor,
Escolhi escrever esta nota de esclarecimento buscando evitar qualquer descontextualização ou interpretações diversas. Por conta da edição de uma entrevista recente em vídeo, uma comparação e linha de raciocínio (a qual não sou o primeiro e, com certeza, não serei o último a fazer) acabou ficando vaga, induzindo o espectador a entendimentos manipuláveis tanto pela direita quanto pela esquerda, vieses naturais da polarização atual que estamos vivendo.
Esclareço, portanto, que não sou partidário de nenhum destes lados. Como cidadão e artista, defendo e sempre defenderei a democracia e o combate à homofobia, ao racismo e ao fascismo. Ainda que eu tenha tido uma vida com mais oportunidades que a maioria dos brasileiros, estou acostumado a sentir na pele o que a intolerância e a pregação do ódio são capazes, o que me torna ainda mais sensível ao sofrimento que minorias, tão menos favorecidas em razão de múltiplos preconceitos, passam ao longo de suas vidas. Independentemente de posição política, sonho com que não se perca o amor ao próximo.
Sociedade é a vida em grupo e cuidar desse grupo, deve ser o objeto maior da cidadania, tendo a educação como base e a democracia como diretriz. Por fim, que fique claro que não tive a intenção de ofender ninguém. É somente minha opinião. Não comentarei mais sobre o assunto.
Muito obrigado pela atenção, Junior Lima.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.