Header Ads

AMAZONAS - Semana do Governador Davi Almeida foi proveitosa para o estado.

AMAZONAS - Governador visitou a Fundação Hospital Adriano Jorge vistoriando as obras do primeiro Centro de Nefrologia do Amazonas, que estão 98% concluídas.


“Muito em breve estaremos inaugurando e aumentando a capacidade de atendimentos mês para 2.730 procedimentos, que serão realizadas de forma mais humanizada, garantindo a diminuição da fila, uma das principais bandeiras do nosso governo. Os desafios são muitos, mas com trabalho vamos conseguindo superar todos eles”, disse Davi.

300 milhões na área de infra-estrutura
Em Brasília, o governador conseguiu o aporte de R$ 300 milhões. Esses recursos são, principalmente, para os municípios do interior do nosso Estado que precisam urgentemente de ajuda para sair da situação em que se encontram na área de infra-estrutura.

Feiras de Produtos Regionais em 16 cidades do interior
O Governador autorizou a liberação de recursos para a implantação de Feiras de Produtos Regionais em 16 cidades do interior do Amazonas. A medida vai beneficiar pequenos agricultores familiares e ajudar a baratear preços para os consumidores. Os recursos são do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), e as feiras começam a ser instaladas a partir da próxima semana pelos municípios de Tabatinga, no Alto Solimões, e Tefé, no Médio Solimões.
As novas feiras funcionam em tendas, com barracas padronizadas e higiênicas para exposição e manuseio dos alimentos. Do mesmo modelo, o FPS já implantou cinco feiras em Manaus. Essa organização ajuda a garantir maior qualidade aos produtos e atrair os consumidores, afirma a presidente de honra do FPS, Socorro Siqueira.

“O agricultor ganha um espaço qualificado para vender aquilo que produz, sem intermediários. Com isso, a sua lucratividade é maior e o preço das frutas, verduras e legumes chega mais barato até a população, o que alimenta um fluxo virtuoso de incentivo econômico ao setor produtivo”, disse Siqueira.

Cinco mil produtores beneficiados
Pelo menos cinco mil produtores do interior serão beneficiados com a implantação das novas feiras, segundo o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Lissandro Breval.
“A nossa meta é atender cinco mil produtores da agricultura familiar no interior. Estamos levando essa experiência das feiras regionais para o interior. A grande sacada disso é que estamos atrelando ao balcão de agronegócio. Essas feiras terão estrutura de comercialização e serão pólos para angariar as informações e trabalhar essa comercialização de maneira mais produtiva ao produtor”.

Planejamento
Para implantar as feiras, a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) levantou as cidades com alta produção da agricultura familiar e onde os produtores não tinham espaços no comércio local para venda direta. Em Silves, Rio Preto da Eva e Boa Vista do Ramos, o governo já apoiou a implantação dos espaços e tem colhido bons resultados, afirma o titular da Sepror, Dedei Lobo.

“As feiras são exclusivas para os agricultores e para o interior. O objetivo é que o agricultor exponha e comercialize diretamente com o cliente, sem a figura do atravessador que tira a renda e encarece o produto”, disse o secretário.

ADS
As feiras serão administradas pela Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), também responsável pelas feiras montadas em parceria com o FPS em Manaus. Na capital, 57 cooperativas, associações e produtores rurais individuais participam das feiras. Em todo o Amazonas, as feiras beneficiam 2.630 famílias. Com base em cálculos da ADS, a renda familiar dos agricultores aumentou em mais de 80%, com a retirada do atravessador do processo de comercialização.

Em Manaus, as feiras coordenadas pela ADS operam nos seguintes locais: Feira da Agremiação de Subtenentes e Sargentos da Amazônia (ASA); na Polícia Militar (PM); no Clube dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica (Cassam); na Escola Estadual Júlio Cesar de Morais Passos (Cidade Nova) e a mais nova no Shopping Sumaúma.

Municípios contemplados
Com a determinação do governador David Almeida, as feiras serão implantadas em Boa Vista do Ramos, Silves, Parintins, Humaitá, Apuí, Manacapuru, Tefé, Canutama, Manicoré, Beruri, Tabatinga, Novo Aripuanã, Itacoatiara, Novo Airão, Iranduba e Careiro Castanho.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.