Header Ads

Deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) e o senador Magno Malta (PR-ES) disputam vaga de vice na chapa com Jair Bolsonaro (O Mito da Direita Conservadora), pré filiado ao PEN.

BRASIL - A perspectiva do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) chegar ao segundo turno nas eleições presidenciais de 2018 revelada por recentes pesquisas de intenção de voto abriu uma procura de interessados em ser candidato a vice-presidente na chapa dele.
Jair Bolsonaro e Magno Malta

Pelo menos dois parlamentares já procuraram Bolsonaro para se colocar a disposição: o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) e o senador Magno Malta (PR-ES).

Última pesquisa Datafolha sobre a disputa presidencial de 2018, divulgada em junho, mostrou que o deputado do PSC está em segundo lugar, tecnicamente empatado com a ex-ministra Marina Silva (Rede), com 16% e 15% das intenções de voto, respectivamente. O parlamentar fluminense registou tendência de alta. Na pesquisa de dezembro de 2016, tinha 8%, passando para 14% em abril. O ex-presidente Lula (PT) manteve liderança, com 30% das intenções.

Faria de Sá e Malta procuraram, nos últimos meses, tanto Bolsonaro quanto políticos ligados ao "Muda Brasil", partido que está em fase de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ligada ao ex-deputado Valdemar Costa Neto (PR), um dos condenados pelo mensalão do PT, a sigla é uma das legendas para que o deputado fluminense cogita migrar para disputar o Palácio do Planalto em outubro do próximo ano.

Segundo apurou o Estado/Broadcast Político, Faria de Sá e Malta querem disputar o pleito de 2018 como vice de Bolsonaro pelos seus atuais partidos.
Faria de Sá - Deputado Federal PTB

O argumento é de que poderão reforçar o tempo de propaganda na TV de campanha do deputado fluminense. Esse ponto é considerado primordial por aliados de Bolsonaro, uma vez que o parlamentar deve concorrer por uma legenda pequena, que tem pouco tempo de TV.

Pela legislação eleitoral, 90% do tempo de TV deverá ser dividido entre os candidatos proporcionalmente ao tamanho das bancadas na Câmara dos partidos que fazem parte da coligação dele. Os outros 10% restantes são distribuídos igualitariamente. Das 26 siglas com representantes na Casa, o PR tem a quinta maior bancada, com 38 deputados, enquanto o PTB, tem a 11ª maior, com 17 parlamentares.
Magno Malta confirmou que vem conversando sobre as eleições de 2018 com Bolsonaro. "Temos conversado que, em 2018, todos estaremos juntos, independente de posições. Aliás, não só eu e ele, mas todos aqueles que repudiam esse modelo esquerdopata que destruiu o País", afirmou ao Estado/Broadcast Político. O senador capixaba não descarta ser o cabeça de chapa, com Bolsonaro como vice. "Quem pode ser vice também pode ser o verso", disse.
Em vídeo postado nas redes sociais em junho ao lado de Malta, Bolsonaro fez um afago ao senador. "Magno, você tem muita responsabilidade para com 2018. Você tem consciência disso? Não o teu mandato de senador, algo mais alto, ou colaborar com algo mais importante para nosso Brasil. Porque, sempre digo, se a gente quiser mudar o Brasil, tem que ter gente no nosso perfil sentado naquela cadeira presidencial. (...) No ano que vem, uma certeza aqui: estaremos do mesmo lado", disse o deputado.
Arnaldo Faria de Sá afirmou que seu nome para vice de Bolsonaro foi lembrado por apoiadores dos dois. "Não partiu de mim, foi um comentário que fizeram. Minha preocupação agora é alterar o texto dessa reforma da Previdência", desconversou. Ele, no entanto, rasgou elogios ao colega. "Gosto do Jair, tenho boa relação com ele. É um bom nome para presidente. Se não for para o 2º turno, é ele quem vai definir a disputa", afirmou.
Bolsonaro já afirmou que está 99% acertado com o Partido Ecológico Nacional (PEN). A filiação, segundo o próprio, deve ser anunciada em breve. “É um noivado nota 10. Estamos, inclusive, estudando a mudança do nome do partido. Em poucos dias devemos selar esse casamento”, disse o deputado. 

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.