Header Ads

ELEIÇÕES - Votar Nulo e em Branco não adianta de nada e você só perde seu tempo, entenda.

BRASIL - Como apenas os votos válidos são considerados na contagem final, se a maioria dos eleitores votar nulo, todos esses votos serão descartados e ganhará o candidato com o maior número de votos válidos.


Mesmo se mais de 50% dos eleitores votarem nulo, a eleição não é anulada. A confusão ocorre devido a uma interpretação equivocada do art. 224 do Código Eleitoral. A “nulidade” a que a legislação se refere diz respeito a votos tornados nulos por decisão judicial (devido à prática de abuso de poder político, por exemplo):

“Art. 224. Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do país nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais ou do município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias.”

Voto em branco
As eleições gerais de 1998 ficaram marcadas por uma mudança fundamental na totalização dos votos em branco. Prevista na Constituição da República de 1988, mas regulamentada apenas com a edição da Lei das Eleições (Lei 9.504/97), a alteração tornou os votos em branco inválidos, igualando-os aos nulos. Desde então, os votos brancos também são descartados na apuração dos candidatos eleitos.

Um comentário:

  1. 1° Lembrando que o voto nulo ou branco é tambem uma opção.
    Neste contexto a quitação eleitoral é mais importante, independente de qual foi a sua opção.

    2° Se o voto branco ou nulo será computado para o que obteve mais votos ou não....paciência, isso já é fator de sistema, quem vota em branco ou nulo tem a consciência de que não digitou o numero de ninguem.
    Só mais uma prova de que esse sistema é ineficaz e corruptível.

    3° Outra falácia..."Quem vota em branco ou nulo perde o direito de reinvindicar seus direitos assim como cobrar do candidato eleito"
    Basta estar quite com suas obrigações eleitorais para poder exercer a sua cidadania.
    E sendo executivo ou legislativo, eles são servidores publicos, eles nos servem, independentemente se votamos neles ou não.

    ResponderExcluir

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.