Header Ads

Governador David Almeida entrega veículos para instituições sociais do Estado e SUSAM dá continuidade ao projeto de redesenhar a regionalização da saúde

AMAZONAS - O Governador David Almeida entregou nesta terça-feira, 29 de agosto, veículos e materiais permanentes, como computadores e ventiladores, a 13 instituições da capital e do interior que atuam em projetos de atenção a idosos, crianças e adolescentes, nos segmentos da saúde, setor primário e pessoa com deficiência.
Ao todo, foi repassado R$ 1,7 milhão para as organizações da sociedade civil, por meio do Fundo de Promoção Social (FPS). O governador também destacou que deve visitar, nesta semana, obras de infraestrutura que estão em andamento no interior do Estado.
Durante a solenidade  realizada no Centro de Convenções Vasco Vasques, David Almeida destacou o trabalho do FPS como braço direito para as ações do Governo Estadual.  “Essas entidades e pessoas realizam um trabalho fabuloso em nossa região. Esses investimentos ajudam de maneira digna as ações e isso nos traz alegria para porque estamos vendo o retorno de muito trabalho, que é a marca do nosso Governo”.

Mantendo o ritmo de compromisso em garantir benefícios para população do Estado, o governador adiantou que, nos próximos dias, viaja para o interior para conferir de perto execução de  obras que foram retomadas durante sua gestão, bem como fazer entregas de novos materiais para as famílias amazonenses. “Essa semana ainda vamos entregar triciclos para o interior e fazer visitas para fiscalizar obras que estão sendo concluídas e outras que estão em andamento para dar respostas ao nosso povo sobre nossos compromissos firmados quando assumi este governo”.

Investimentos do FPS - Só neste ano, foram aprovados 10 milhões para editais de fomento, para atender às diversas modalidades. O Edital 01 do FPS foi totalmente voltado para ações e atividades do setor primário do Estado, e quatro municípios receberam recursos pela primeira vez, dentre eles Itamarati, Codajás, Fonte Boa e Japurá. Mais de 23 mil pessoas foram beneficiadas em 32 municípios. “A cada dia, o governador David Almeida nos ensina a trabalhar da melhor maneira em prol das famílias. O FPS fortaleceu grandes projetos de instituições sociais em todo o Estado, em diversos segmentos. Isso nos deixa felizes porque conseguimos ver os frutos de um árduo trabalho concretizado nesses quatro meses”, disse a presidente do FPS, Socorro Siqueira.
A Associação de Reciclagem e Preservação Ambiental (Arpa) foi uma das instituições beneficiadas. O coordenador da entidade, Raul Lima, afirma que o caminhão vai dobrar a capacidade de atendimento em Manaus. “Esse caminhão vai ajudar muito porque antes fazíamos coleta em carrinhos, com uma média 30 a 40 toneladas, ao mês, mas agora a nossa coleta está em 220 toneladas. Esse benefício vai suprir nossa demanda e ampliar nossa coleta nas ruas e nas indústrias”.

Repasses financeiros à saúde - O FPS repassou mais de R$ 75 milhões para projetos e programas das mais diversas secretarias que atuam na promoção social, cumprindo a missão do governo do Estado em proporcionar melhor qualidade de vida aos cidadãos.

Na área da saúde, foram realizados diversos investimentos na Fundação CECON, e nos hospitais Delphina Aziz e Pronto Socorro e Hospital 28 de agosto. No Hospital Universitário Francisca Mendes foi implantada máquina de hemodinâmica, dobrando o atendimento. Na Maternidade Ana Braga, os investimentos vão permitir implantar nova tecnologia para o tratamento de bebês com icterícia, doença no sangue que ocasiona o amarelamento da pele do recém-nascido e que pode levar à morte. Com a máquina chamada Bilitron ou Biliberço, o tratamento de fototerapia, que levava semanas, poderá ser concluído em apenas alguns dias.
No Hospital Adriano Jorge, foram investidos recursos para construção do Centro de Hemodiálise e renovação de equipamentos médicos em diversas áreas do hospital, somando R$ 5 milhõescaptados junto a empresas privadas, como a Recofarma, AMBEV e a Pepsi-Cola.
FPS - O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza - FPS é um fundo de natureza financeira, que traz em seu bojo a finalidade de promover o desenvolvimento da cidadania e a busca da equidade social e econômica. Ao todo, já foram mais de 25 milhões de reais investidos em seis anos de atuação do Fundo.
SUSAM DÁ CONTINUIDADE AO PROJETO DE REDESENHAR A REGIONALIZAÇÃO DA SAÚDE

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) realiza a 4ª Oficina de Retomada do Processo de Regionalização da Saúde no Amazonas, com o tema repensando a saúde no território. O evento será realizado nos dias 31 de agosto e 1º de setembro e reunirá cerca de 50 profissionais de diversas áreas como saúde, educação, vigilância em saúde, forças armadas e órgãos de controle.

“O Governo do Estado trata a regionalização da saúde com prioridade, uma vez que já estamos convencidos de que essa é a forma mais viável de levar atendimento de saúde de qualidade as pessoas que residem nos municípios e comunidades do interior do estado”, destaca o secretário de estado de saúde, Vander Alves.

A diretora do Departamento de Planejamento e Gestão (Deplan), Radija Lopes, informa que esta 4ª Oficina encerra o ciclo de debates sobre a regionalização da saúde no estado e que nesta etapa o objetivo é conhecer e entender como funcionam os processos de regionalização em outras áreas, como a educação. “Nós vamos conhecer o processo de regionalização da educação, saber como foi planejado, o que foi feito na prática e ver o que pode ser aproveitado dessa experiência para aplicar no processo da saúde”, explica Radija.
Outro assunto que será destaque nessa rodada de discussão é a saúde indígena e o como deve ser organizado o acesso dessa população aos serviços especializados. “A população indígena tem acesso garantido aos serviços básicos, mas é preciso organizar o acesso aos cuidados especializados e isso será discutido com representantes da saúde indígena, que conhecem a realidade dessa população”, disse Radija.
Também estarão participando da oficina, representantes das Forças Armadas, Ministério Público Federal e Fiocruz. “Todas essas instituições são parceiras da saúde, seja desenvolvendo ações de atenção em saúde, seja fiscalizando e orientando, por isso resolvemos dar a oportunidade a eles de também trazerem a sua visão e contribuir com informações que enriqueçam nosso planejamento e nossas ações”.
 Novo desenho - O Amazonas já possui um projeto de regionalização, através do qual os municípios do interior foram agrupados em blocos e trabalham de forma integrada entre si a fim de oferecer serviços especializados em saúde para a população daquela região. A proposta da Susam é refazer o desenho da regionalização, a fim de dar maior resolutividade aos serviços de saúde ofertados.

“A Comissão Intergestores Tripartite (CIT) publicou uma portaria esse ano, trazendo novas diretrizes sobre a regionalização da saúde no país e nós estamos estudando e coletando informações para formular uma nova proposta de regionalização para o Amazonas, a fim de fortalecer esse sistema e dar melhor assistência a quem reside no interior”, destaca Radija.

Na prática uma regional de saúde é formada pelos municípios mais próximos e um deles funciona como polo de saúde. Os municípios que compõem a regional devem trabalhar unidos a fim de fortalecer esse polo, investindo na infraestrutura da rede hospitalar existente a fim de que a mesma possa ter condições de ofertar atendimento especializado. “Esse modelo irá permitir que lá na regional tenha uma unidade de saúde especializada, permitindo que o paciente tenha acesso ao serviço sem precisar se deslocar para a capital”. finaliza Radija.

FOTO: BRUNO ZANARDO/SECOM (ARQUIVO)

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.