Header Ads

POSTE NO MEIO DA RUA - Após nomear a esposa e o filho como secretarios o Prefeito de Manaus Arthur Neto(PSDB) recebeu um aporte de R$ 74 milhões do BNDES urbanização e deixa dois portes do meio da rua asfaltada. E empresa Eletrobrás diz que prefeito não tem dinheiro pra pagar a mudança dos mesmos.

AMAZONAS - Se Manaus era para ser uma cidade inteligente, como prometeu o prefeito Artur Neto (PSDB) na campanha de 2016,  isso está longe de acontecer.
A permanência de dois postes elétricos no meio de uma das faixas da avenida Antônio Telles, no conjunto Águas Claras, na Zona Norte, mostra um erro grave do projeto urbanístico da prefeitura para o local.  Moradores dizem que os postes atrapalham a visão de motoristas e podem provocar acidentes de trânsito. 

O funcionário público André Santos explicou que os postes foram instalados antes mesmo do conjunto ser urbanizado, o que só correu no início deste ano. O conjunto tem mais de 20 anos. “Quando a Eletrobras instalou os postes, a rua era de barro. No início deste ano, o município começou a asfaltar essa avenida, mas os postes ficaram aí”, explicou. 

De acordo com o morador, quando as obras de urbanização iniciaram, o engenheiro responsável chegou a acionar a Eletrobras, mas o problema não foi resolvido e a prefeitura deu segmento ao projeto mesmo assim. Hoje, os dois postes de concreto de numeração 148813 e 148814 são os únicos que ficaram desalinhados, no meio da rua. Do outro lado da avenida, todos os postes ficam na calçada. 

Para o administrador Thiago Araújo, a permanência dos postes ocupando um trecho de aproximadamente 25 metros,  aumenta o risco de acidentes. De acordo com ele, desde que foi asfaltada, a avenida ficou mais movimentada. “Os carros passam em alta velocidade e eles atrapalham a visão de quem vai entrar no conjunto. Também não existem lombadas”, disse.

Enquanto o problema não é solucionado, os postes que estão funcionando normalmente, sinalizados e protegidos com barras de concreto, conhecidas como dentes de dragão, mostrando que o poder público reconhece que a situação deve perdurar por um bom tempo.

Nova promessa

Em nota, a Eletrobras Distribuição Amazonas informou que em junho deste ano a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) solicitou da distribuidora o afastamento dos postes. A empresa disse que realizou um projeto com orçamento para o serviço de remanejamento, o qual foi apresentado ao órgão, porém, até o momento não houve retorno para execução do serviço.

A Seminf, por sua vez, informou que o processo de alinhamento dos postes por meio da concessionária responsável pelo serviço tem um trâmite burocrático. E, apesar da Eletrobras dizer que não houve retorno da pasta, a Seminf  afirmou que o serviço foi solicitado e, segundo o setor de engenharia, o alinhamento dos postes vai ser executado ainda neste mês.

Projeto  milionário

 Na campanha eleitoral de 2016, uma das principais bandeiras levantadas pelo prefeito Artur Neto (PSDB)  foi transformação de Manaus em uma “cidade inteligente”, contando com uma plataforma digital, que reúne todos os bancos de dados da administração municipal a uma base cartográfica georreferenciada. O projeto recebeu um aporte de R$ 74 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Fonte e texto: Kelly Melo (Acritica-AM)

Prefeito Artur Neto nomeia o filho como chefe da Casa Civil
O prefeito de Manaus Artur Neto (PSDB) anunciou na tarde de sexta-feira (1) que o filho dele, deputado federal Arthur Bisneto (PSDB), será o novo chefe da Casa Civil da gestão tucana. O anúncio foi feito durante a reinauguração de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) na Zona Leste de Manaus. 

Arthur Bisneto é o segundo da família do prefeito a figurar no alto escalão da Prefeitura de Manaus. Em maio deste ano a esposa do prefeito, Elisabeth Valeiko, foi nomeada por Artur Neto para comandar o Fundo Social de Solidariedade (FSS). 

“Por necessidade minha e aceitação dele, eu convidei o deputado Artur Bisneto para ser o novo chefe da casa civil. Ele possui uma larga experiência que nos precisamos e, muito bem assessorado por técnicos do setor, ele dará esse toque de sensibilidade política”, disse o prefeito Arthur Neto.

Nepotismo

O prefeito afirmou que a vinda do deputado para a Casa Civil vem para acrescentar a vivência política “de uma pessoa que a vida inteira respirou política”.  “Tudo foi muito bem visto. A questão constitucional, essa história de nepotismo é tudo uma tolice enorme. Nepotismo é discutido quando se trata de segundo escalão para baixo. Quando se trata de primeiro escalão, a jurisprudência é muito clara”, afirmou.

“Quando se trata de alguém que tem toda a correlação para desempenhar bem o seu trabalho não existe essa hipótese de nepotismo. Tomei uma decisão muito consciente e pedi a ele que pensasse e, ao aceitar, ele irá nos ajudar a dar esse toque de sensibilidade política que fará bem para o nosso governo”.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.