Header Ads

A equipe de Handebol da Escola Francisca Botinelly e o evento Rio Negro Challenge 2ª etapa de 2017 são o destaque no esporte do Amazonas

ESPORTE - A equipe da Escola Francisca Botinelly sagrou-se campeã inédita e de forma invicta do Campeonato Amazonense de Handebol Infantil ao vencer o Ceti Sérgio Pessoa por 21 a 15.
O centro de educação gerenciado pelo Governo do Amazonas, localizado no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, é formado por alunos da Escola de Iniciação Esportiva (EIE), programa que funciona na Vila Olímpica de Manaus.

A competição realizada na tarde do último domingo (1º de outubro), no ginásio Renné Monteiro, recebeu apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), e foi a conquista mais importante da categoria do handebol do Amazonas, revelando a eficiência da valorização do trabalho de base.

“Tudo partiu de um projeto com a escolinha de iniciação esportiva da Vila (Olímpica de Manaus) em 2015, junto da Escola Francisca Botinelly. Como a escola é ao lado da Vila, fizemos uma parceria. Temos 49 atletas da escola nos naipes masculino e feminino e os trabalhos estão sendo feitos com qualidade. Esse ano ganhamos a Taça Cidade de Manaus, fomos vice-campeões do Jeas (Jogos Escolares do Amazonas) e agora conquistamos este título”, comentou o técnico e professor da escolinha, Auricélio Andrade, que também exerce e função de presidente a Liga de Handebol do Amazonas (Liham).

Melhor goleiro - Escolhido como o melhor goleiro do campeonato e um dos responsáveis pela boa campanha da equipe, Vinicius Emanuel, 13 anos, ainda “saboreia” uma das principais medalhas no esporte.

“Estou muito feliz. Fomos campões invictos. Sempre enfrentamos o time deles e é a segunda vez que ganhamos. Conseguimos o título da Taça Cidade de Manaus e agora essa é a minha segunda conquista. Espero que eu continue ganhando sempre”, disse.

Nova oportunidade - Apesar do segundo vice-campeonato, o treinador do Ceti Sérgio Pessoa, Rondinele Catunda, não desanimou o grupo e espera uma nova oportunidade para conquistar o ouro.

“Venceu a melhor equipe. Temos que falar a verdade. Tivemos um competição bem organizada, os meninos ficaram bem animados, estou trabalhando com o handebol há cinco anos e com eles estou há três anos. O time deles é muito bom. Perdemos pela segunda vez, a Copa Cidade de Manaus e agora o Estadual. O que devemos fazer é trabalhar mais para conseguir o título”, comentou o treinador da equipe do bairro Cidade de Deus, na Zona Leste

´A escolinha´ - As aulas da Escola de Iniciação Esportiva (EIE), realizadas na Vila Olímpica de Manaus, beneficia 1.950 alunos, entre jovens e crianças de 6 a 16 anos.

No total, são oferecidas doze modalidades pelo turno matutino e vespertino - 8h às 11h e das 14h às 17h. Tênis de Mesa, Atletismo, Judô, Boxe, Luta Olímpica, Ginástica Rítmica, Ginástica Artística, Xadrez, Vôlei, Basquete, Futsal e Handebol são os esportes disponíveis aos participantes.

Tricampeã mundial, Ana Marcela Cunha é presença confirmada no Rio Negro Challenge


As inscrições estão abertas e a retirada dos kits será efetuada no dia 2 de dezembro

Um dos cartões postais mais bonitos da capital amazonense, a Ponta Negra, receberá no dia 03 de dezembro o Rio Negro Challenge, 2ª etapa 2017. O evento é dividido em três provas, sendo Circuito Curumim (500m), Maratona Aquática Amazonas (1,5k e 3k) e Travessia Almirante Tamandaré (8,5k). A competição inicia a partir das 7h e recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

O evento, que a cada ano que passa arrasta ainda mais competidores sedentos por encarar as águas escuras do Rio Negro, ainda vai contar com a participação de Ana Marcela Cunha, que em julho deste ano fez história ao conquistar o tricampeonato mundial na maratona aquática de 25km, na Hungria. Nunca uma atleta feminina havia vencido três vezes a mesma prova no Mundial de Esportes Aquáticos organizado pela Federação Internacional de Natação (Fina). Na época, ela levou a medalha de ouro com o tempo de 5h21m58s.

Essa é a segunda vez que Ana Marcela disputará a Travessia Almirante Tamandaré, em Manaus. A primeira foi em 2007, quando venceu a categoria Principal. Ano passado, a atleta veio até a competição, mas por estar se recuperando de uma cirurgia, não entrou na água. “A Ana Marcela é uma referência e estamos orgulhosos em recebê-la novamente, fora que ela é um forte nome em estar entre as primeiras. Dez anos após ela medalhar pela competição, volta agora para encarar essa missão nada fácil”, disse o organizador da prova, Pierre Gadelha.  

Ainda segundo Pierre, mais de 16 estados já estão confirmados para o evento e a expectativa é que uma média de 400 atletas participem. As inscrições para a Almirante Tamandaré, por exemplo, encerraram 26 dias após ter sua ‘largada’ e vai contar com 70 participantes.

“As inscrições estão sendo um sucesso. A minha sugestão é que os interessados possam se inscrever o quanto antes, pois temos pouquíssimas vagas para o Circuito e a Maratona. Este ano, dobramos o número de vagas para a Travessia, mas ela se esgotou rapidamente. Isso reflete o padrão do evento e já temos confirmados gente do Norte, Sudeste, Sul, de todo o País, para dar braçadas no nosso rio”, disse.

O organizador ainda conta que até o evento, a Ponta Negra tambem será palco de treinos oficiais e todos podem participar. Até agora, já foram duas preparações, sendo a última dia 24 de setembro. Além disso, ele ainda destaca que a competição tem cunho ambiental, visando contribuir com a preservação da área.

“Estamos contentes com a proporção que o evento vem tomando, pois atualmente reúne um número considerável de atletas e já é aguardado por muitos. Além de extremamente disputado, o Rio Negro Challenge tem a preocupação de olhar para a base da modalidade, por isso o Circuito Curumim, uma vez que pensamos na evolução e preparação desses pequenos, assim como olhamos com carinho a parte ambiental. Devido a isso, nossas provas são todas acompanhadas por stand up paddle ou caiaques, sem o uso de botes. Acreditamos que, desta forma, estamos dando a nossa contribuição para não poluir, alinhando esporte e preservação do meio ambiente”, destacou.

Sobre as provas - O Circuito Curumim é uma prova de 500m para crianças de 8 a 13 anos de idade. Serão três categorias: Mirim (8 e 9 anos), Mirim 1 (10 e 11 anos) e Petiz (12 e 13 anos). O valor da inscrição é de R$80,00 e a previsão de largada será às 7h.

A Maratona Aquática Amazonas é composta de dois percursos, um de 1,5 km e outra de 3 km. Para esta prova, podem competir atletas a partir de 13 anos de idade, divididos em mais de 13 categorias: Infantil (13 e 14 anos), Juvenil(15 e 16 anos), Júnior(17 a 19 anos), Sênior(20 a 24 anos), Master A(25 a 29 anos), Master B (30 a 34 anos), Master C(35 a 39 anos), Master D(40 a 44 anos), Master E(45 a 49 anos), Master F(50 a 54 anos), Master G(55 a 59 anos), Master H(60 a 64 anos) e Master I(65anos e acima). A prova terá largada às 8h e a taxa de inscrição é de R$ 110,00.

Já a Travessia Almirante Tamandaré é um percurso com largada na praia do Camaleão e chegada na praia da Ponta Negra, totalizando um percurso de aproximadamente 8,5 km, em linha reta. Para esta prova, o valor da inscrição é de R$ 190,00. Podem se inscrever atletas a partir dos 15 anos de idade. Para efeitos de premiação, os atletas são divididos nas seguintes categorias: Juvenil (15 e 16 anos), Júnior (17 a 19 anos), Sênior (20 a 24 anos), Master A (25 a 29 anos), Master B (30 a 34 anos), Master C (35 a 39 anos), Master D (40 a 44 anos), Master E (45 a 49 anos), Master F (50 a 54 anos), Master G (55 a 59 anos), Master H (60 a 64 anos) e Master I (65anos e acima). A largada para esta prova será às 7h30.

Atletas PCD - Atletas PCD (Pessoas com Deficiência) também podem se inscrever em qualquer uma das provas. Nesta categoria, os atletas participarão da categoria Absoluto, sem distinção de lesão.

Retirada dos kits - Todo participante do Rio Negro Challenge Amazônia tem direito ao kit-atleta, composto por camisa da prova, touca, bolsa sacola e uma medalha de participação. A retirada dos kits só poderá ser efetuada no dia 2 de dezembro, após a confirmação do pagamento, em local e horário ainda não definido. Dúvidas sobre inscrição, regulamento, documentação e resultados da primeira etapa podem ser obtidas acessando o site do evento.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.