Header Ads

"Não estou vendendo a Alma", disse Liliane Araújo, tentando justificar sua nomeação ao cargo de secretaria na Gestão da Velha Politica. Quero criar mais emprego aos jovens. Primeiro garantiu o dela.

AMAZONAS  - Na eleição para o Governo do Estado a então candidata Liliane Araujo disse aos quatro ventos do Amazonas que não iria ceder a conchavos e nem a velha política.

Enfim, cedeu e emitiu uma Nota tentando justificar o ajoelha no milho do negão.
Na Nota a jornalista diz que "não importa o lado o importante é gerar emprego aos jovens. Deve ter se referido ao emprego dela, afinal é jovem.


Leia a Nota;
Meus amigos, minhas amigas, fui convidada para compor a administração do governador Amazonino Mendes como secretária-executiva do Fundo de Promoção Social (FPS) e, após conversas com amigos e familiares, refleti e tomei a decisão de contribuir com o meu Estado.

Vi no convite um grande reconhecimento as minhas propostas para a melhoria da qualidade de vida da nossa gente e notei um importante respeito a minha ideologia já que continuo sem partido. Ao longo da minha caminhada política, sinto-me muito feliz pelo fato de saber que há pessoas que acreditam no meu trabalho, e me dão agora a oportunidade de servir.
Não estou vendendo minha alma nem minhas convicções. Meu objetivo é apenas trabalhar para ajudar pessoas que precisam de atenção dos governantes e sei que de fora da gestão pública, jamais poderia fazê-lo. E vi na gestão do governado Amazonino Mendes boa vontade política de fazer o Amazonas dá certo, respeitando sempre as convicções dos membros do seu governo.
Sei que existem pessoas que não respeitam a minha decisão, mas estas mesmas pessoas não perceberam que a campanha acabou, e que precisam descer do palanque.
E que não importa o lado, quando o assunto é: criar mais empregos para a juventude, melhorar a assistência médica e dar condições hospitalares, oferecer um ensino cada vez melhor e competitivo, diversificar nossa economia, para acelerar o combate à pobreza e dar um novo impulso à agricultura, enfim, trabalhar para servir cada vez melhor o povo, é isso que agora interessa.
Por fim, aqui fica a minha proposta de servir ao povo, não receio ter apontadas e criticadas as faltas que provavelmente terei. Seja quem for pode apontar as nossas falhas pois, se tiver razão, nós as corrigiremos; seguirei errando e acertando. Mas jamais escondendo a cara.
Peço ajuda de DEUS para continuar guiando meus passos e conto com a ajuda de VOCÊS para me ajudarem a dar o melhor de mim na gestão pública.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.