Header Ads

PSDB começa a deixar Temer, ministro das Cidades Bruno Araújo deixa o cargo.

BRASIL - Em meio à crise na qual o PSDB tenta decidir se deixa ou não a base aliada do governo de Michel Temer, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, entregou nesta segunda-feira (13) sua carta de demissão no Palácio do Planalto, dando início ao desembarque dos tucanos.

Além de Bruno Araújo, que deixa o governo, o PSDB tem ainda, nos quadros ministeriais do Planalto, a Secretaria de Governo (Antônio Imbassahy), Relações Exteriores (Aloysio Nunes) e Direitos Humanos (Luislinda Valois).

Saída de ministro das Cidades pode antecipar reforma ministerial do governo Temer
Além dos questionamentos internos do PSDB sobre a permanência no governo, Temer também vem sofrendo pressão dos partidos do chamado "Centrão", sobretudo após a Câmara dos Deputados rejeitar duas denúncias contra o presidente, para iniciar uma reforma ministerial e contemplar os partidos médios. Na votação da segunda denúncia, o PSDB foi um dos partidos da base aliada que mais deu aval para que o Supremo Tribunal Federal (STF) desse prosseguimento à investigação contra o peemedebista.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.