Header Ads

Urgente - Com a intenção de arrumar a casa, só não se sabe qual, Amazonino "Fanta" Mendes terceiriza serviço para auditar contas do Estado, só R$ 120 milhões - "Ama Ama Ama o Amazonas😬

AMAZONASA “negociação” do governador Amazonino Mendes (PDT) no contrato com a empresa Fipe, para auditar as contas do Estado por R$ 120 milhões, foi criticada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida (PSD), durante o Pequeno Expediente, na manhã desta quarta-feira (9).

Na avaliação do parlamentar, a atitude causa estranheza porque a atual gestão estadual faz questão de dizer que o Estado está falido. “O governador Amazonino se queixou dos terceirizados e na mesma fala disse que vai contratar uma empresa terceirizada para auditar as contas do Estado. Se quer auditar, faz como nós fizemos: Pega a PGE (Procuradoria Geral do Estado), a Sead (Secretaria de Administração e Gestão), a Sefaz (Secretaria do Estado da Fazenda) e a Secretaria de Planejamento (Seplancti)”, disse.
Almeida criticou ainda a extinção da Seplancti e a contratação de uma empresa para fazer o planejamento do Estado. “Quanta contradição. Está por trás dessa empresa a mesma pessoa que está trabalhando para vender a Cigás. Se não acabarem com essa história, eu direi aqui quem é o dono dessa empresa”, prometeu.
Mais gastos
David Almeida alertou ainda sobre a extinção da Secretaria de Planejamento e a fusão dela com a Sefaz,  que é um desejo do atual governo. Isso vai aumentar a folha de pagamento do Estado. “Quando a Secretaria de Planejamento for incorporada à Sefaz, vai precisar fazer equiparação salarial, porque na mesma secretaria os funcionários não poderão receber salários menores. Isso vai gerar mais custos”, destacou.
O parlamentar lembrou a promessa do governador, de “arrumar a casa”, enquanto candidato, mas completou que “arrumar a casa requer disposição, muito esforço e acima de tudo vontade de trabalhar”, criticou. Para David Almeida, toda essa articulação é para pregar um caos nas finanças do Estado a fim de desculpar a ineficiência de gestão do atual governo.
“Querem pregar o caos, dizer que o Estado está quebrado, falido, e não está assim. Existem muitos problemas, é verdade, vai ser difícil resolver todos, mas não é tão ruim como estão dizendo. No entanto, não se resolve os problemas do Estado deitado na rede, dentro de casa assistindo Netflix. Tem que sair para trabalhar, arregaçar as mangas e resolver os problemas”, finalizou.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.