Header Ads

Acusado de porta arma em uma manifestação de moradores o vice-prefeito de Presidente Figueiredo (AM), primo do Deputado Federal Hissa Abrahão, esclarece.

AMAZONAS - Para tentar conter uma manifestação de moradores que interditaram hoje (30) a BR 174, no Km 145, o vice prefeito de Presidente Figueiredo, Mário Jorge Abrahão Bubol, usou de um expediente pouco convencional entre os políticos: ele apareceu ao local com uma arma na cintura e três capangas, digo, seguranças, para intimidar os manifestantes.


Os moradores das comunidades Canoas e Rio Pardo estavam reivindicando melhorias nos ramais que servem essas comunidades, como também, regularização das terras. Quando o vice prefeito Mário Jorge ia passando por lá, foi contido pelos manifestantes, que impediram ele continuar caminho em direção à sede do município.

Vice prefeito Mário Jorge e seus seguranças armados, ver detalhe na cintura – foto: divulgação
Mário Jorge não teve outra saída, que não deixar o seu carro estacionado à beira da estrada e seguir de ônibus, junto com os manifestantes, para negociar na sede do Incra, na sede do município.

O detalhe dessa história, é que o vice, nos três dias que permaneceu como prefeito interino, precisou andar armado pelas comunidades. No caso de algum morador ter se exaltado, na presença do vice, certamente, teria acontecido uma tragédia. Seguramente, os seguranças e o próprio vice-prefeito Mário Jorge, teriam atirado nos manifestantes.

Nota de um manifestante, na íntegra, chegada ao portal:
“Mario Jorge Abrahão Bubol, prefeito em exercício (também acumula o cargo de secretário de finanças), desde segunda feira se reuniu na comunidade canoas e rio pardo km 145, sendo impedido de ultrapassar a barreira colocada pelos manifestantes que queriam melhorias de infraestrutura e dos ramais e titulação de terras, o fato ocorreu ontem, de se notar que ao descer de seu veículo além dos seguranças armados este também se armou com arma de fogo para negociar sua passagem.
Fato lamentável e que demostra a índole desse político primo do Hissa Abrahão e dono da Apa Móveis e que tem sua prima Blenda Abrahão (irmã do Hissa) como secretaria de educação do município de Presidente figueiredo”.


NOTA DE ESCLARECIMENTO
Em resposta à matéria “Vice-prefeito de Figueiredo negocia com arma na cintura”, publicada pelo portal Correio da Amazônia, na tarde desta quinta-feira (30), o vice-prefeito do município de Presidente Figueiredo, Mário Abrahão, vem a público esclarecer que são inverídicas as informações noticiadas e que medidas cabíveis estão sendo tomadas com intuito de tornar transparente o que, de fato, aconteceu durante a manifestação realizada, ontem, por moradores das comunidades Canoas e Rio Pardo, no quilômetro 145 da BR-174. 


É importante esclarecer, primeiramente, que diferente do que foi informado pelo referido portal, na tentativa clara de desinformar os leitores, a conversa com os comunitários – que estavam um tanto eufóricos para expor suas reivindicações – aconteceu de forma transparente e completamente passiva, resultando em acordos bem-sucedidos. O vice-prefeito Mário Abrahão compareceu ao local por vontade própria, na companhia de secretários municipais e vereadores, e não de “capangas”, como foram comparados. 

Vale esclarecer, também, que em momento algum o vice-prefeito foi coagido pelos moradores, mas sim ovacionado por apresentar soluções imediatas aos problemas debatidos, tendo em vista que as reivindicações de melhorias para os ramais das comunidades Canoa e Rio Pardo, por se tratarem de assentamentos, compete estritamente ao Instituto Nacional Da Colonização e Reforma Agrária do Amazonas (Incra-AM) promover os devidos trabalhos de infraestrutura. No entanto, por ser preocupação do Executivo Municipal oferecer qualidade de vida e bem-estar a todos moradores de Presidente Figueiredo, a prefeitura já havia planejado um trabalho de recapeamento no local, com início para a próxima segunda-feira, dia 4 de dezembro, conforme anunciado pelo vice-prefeito durante a conversa. 

Sobre a informação equivocada de que Mário Abrahão portava uma arma de fogo na cintura durante a manifestação, é importante esclarecer que não se tratava de um revólver, mas sim de um aparelho telefônico via satélite, usado rotineiramente para fazer comunicação com a Polícia Federal Rodoviária. 

Vale informar que o uso do aparelho é uma medida adotada pelo prefeito Romeiro Mendonça, com intuito de otimizar o contato com os órgãos de segurança do município, principalmente, em casos de manifestação ou em ocasiões de grande aglomeração de pessoas que, naturalmente, exigem uma atenção maior das forças policiais. A manifestação em questão, por exemplo, foi repassada ao conhecimento da Polícia Federal Rodoviária, Polícia Civil e servidores do Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC-PF), para garantir a plena segurança dos comunitários e manter a situação sob controle.   

Para o vice-prefeito Mário Abrahão, a maneira como a notícia foi divulgada é irresponsável e desrespeitosa, visto que, sem conhecimento algum dos fatos e sem a preocupação de checar a veracidade do que, até então, não passava de especulações, a editoria do portal Correio da Amazônia divulgou informações inconsequentes, colocando o gestor público em situação vexatória. 

Mário Abrahão salienta que sua conduta é pautada na ética e respeito ao cidadão, independente do cargo que ocupe na sociedade. Que jamais usaria de medidas ilegais para sanar qualquer problema que envolva o município, nem tampouco colocar em risco a vida dos moradores de Figueiredo, pelos quais trabalha, incansavelmente, ao lado do prefeito Romeiro Mendonça.

No que diz respeito à recuperação dos ramais do município, trata-se de uma das prioridades da atual administração municipal. Prova disso é que já foram recuperados nos últimos cinco meses, aproximadamente, 300 quilômetros de ramais. O planejamento foi discutido juntamente com todos os líderes das comunidades rurais no início do mês maio e o trabalho tem sido realizado conforme o calendário acordado. 

A fim de deixar transparentes esses e outros assuntos que envolvam a administração da Prefeitura de Presidente Figueiredo, o prefeito Romeiro Mendonça, e o vice-prefeito, Mário Abrahão, estarão sempre à disposição da imprensa e da sociedade para esclarecer quaisquer dúvidas.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.