Header Ads

Ex-servidora que denunciou assédio do consultor jurídico Alexandre Lins de Presidente Figueiredo no Am, agora o acusa de Calúnia.

AMAZONAS - A ex-servidora pública Kamila Fernanda Alves de Almeira, 30 anos, responsável pela denúncia de assédio contra Alexandre Bezerra Lins, ex-secretário Municipal de Turismo, Empreendedorismo e Comércio, registrou Boletim de Ocorrência na 37ª Delegacia Interativa de Polícia desta vez contra o consultor jurídico de Presidente Figueiredo, Ademar Lins Vitório, por calúnia de difamação.

De acordo com Kamila Fernanda, Ademar Lins postou comentário em matéria chamando a denunciante do caso de assédio, de “maconheira”. Na postagem o consultor afirma ainda que ela (Kamila), juntamente com Ivove Tukanos e o vice-prefeito Mário Abrahão, armaram contra Alexandre Lins.

“Agora, o Alexandre e o irmão estão associando minhas denúncias de assédio a Ivone e ao vice-prefeito. Não precisei de ninguém para procurar a imprensa e denunciar que estava sendo vítima de assédio”, disse Kamila Fernanda, por telefone ao Fato Amazônico, afirmando que Ademar Lins anda na verdade querendo justificar o injustificável.

Kamila disse ainda que tentando denegrir sua imagem em Presidente Figueiredo, Ademar Lins, postou em uma rede social a seguinte frase “nunca vi amiga de traficante ser demitida”.
Tenho muitos amigos em Figueiredo, ainda mais depois da denúncia de assédio, tive acesso as postagens e levei a delegacia para fazer o Boletim de Ocorrência”, acrescentou Kamila, informando que seu advogado vai tomar as providências com relação as postagens de Ademar Lins.

Entenda o caso
A denúncia de assédio moral veio à público no dia 4 de setembro, quando o Fato Amazônico teve acesso a um Boletim de Ocorrência registrado no dia 22 de agosto, na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher, onde o acusado, que é ex-vereador de Presidente Figueiredo, Alexandre Lins.
De acordo com relatos da vítima no BO, que terá nome preservado para evitar represália, Alexandre Lins, tem pedido a ela fotos suas sensuais. A servidora informa ainda no boletim, que o fato vem se repetindo já há algum tempo.

Em uma das mensagens enviada via WhatsApp, Alexandre Lins diz: “Eu quero uma foto sua no banho bem sensual”. A servidora responde: “Eu acho que vc mandou a mensagem para a pessoa errada”.
Alexandre Lins, não para por ai e ainda diz mais: “É para vc índia morena cor de jambo. Vc hoje dava uma capa de revista”.

Exoneração
No dia 21 do mês passado foi publicada no Diário Oficial dos Municípios a  portaria de exoneração de Alexandre Bezerra Lins, da Secretaria Municipal de Turismo, Empreendedorismo e Comércio, com data retroativa a dia 1 de novembro.
Fonte: Fator Amazônico.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.