Header Ads

Luis Fabian, secretário indicado por Pauderney Avelino continua fazendo ações suspeitas na Seduc, e quer trazer empresa investigada por corrupção para o Amazonas.

AMAZONAS - O novo secretário executivo da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Luis Fabian, quer trazer Instituto Áquila para atuar em um projeto de "gestão" da pasta.

O Instituto Áquila é investigado pelo Tribunal de Contas de Tocantins (TCE-TO) por suspeita de favorecimento em licitações.

Fabian foi subsecretário de Pauderney, na época em que  deputado federal assumiu a pasta da Secretaria Municipal de Educação (Semed), no primeiro ano de mandato da gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), em 2013.

A pretensa intenção do indicado de Pauderney Avelino pegou de surpresa técnicos da pasta que são contrários à contratação da entidade em um momento de crise e tentativa do governo em sanear despesas supérfluas.

O novo secretário Dr. Lourenço dos Santos Pereira Braga dá evidências de que não está conseguindo ter controle sobre as ações de Luis Fabian.

A decisão de Fabian contraria, ainda, a orientação do próprio governador Amazonino Mendes (PDT) e de seu vice, Bosco Saraiva (SDD), de gerenciar recursos buscando a redução de despesas.

Denúncia de Pagamentos Atrasados
Centenas de empregados de transportes escolares de 28 municípios do Amazonas irão passar o Natal e o Ano Novo sem receber os salários atrasados, conforme denúncia dos deputados estaduais Augusto Ferraz (DEM) e Alessandra Campelo (PMDB) ao Ministério Público do Estado (MP-AM) e Ministério Público Federal (MPF).

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.