Header Ads

Em Figueiredo, o Adv Fábio Leal da Câmara Municipal faz graves ameaças a colega.

MANAUS – O advogado Fábio Leal, primo do vereador de Presidente Figueiredo, Anderson Leal (PNT), é acusado de fazer graves ameaças ao colega de profissão Yury Thury, e ainda convidá-lo para uma luta corporal, garantindo que é atirador profissional.

 O confronto, sugerido pelo advogado, se deu após Yury ter dito que possui provas de supostas irregularidades praticadas pelo parlamentar e que, inclusive, já teria apresentado ao Poder Judiciário.
Fábio e Yury já se conhecem por causa das batalhas judiciais que travam no mesmo caso, como advogados de defesa e acusação, respectivamente. Trata-se dos crimes de lesão corporal grave e direção perigosa, pelos os quais o vereador Jonas Castro (PSB), também de Presidente Figueiredo, responde na Vara Criminal do município.  O embate na Justiça parece ter deixado os ânimos do advogado Fábio Leal bastante exaltados, ao ponto querer apelar para a violência.

Em uma conversa entre os dois, por telefone, vazada nas redes socais, ele diz ao colega que – a pedido de seu primo Anderson Leal – terá que tomar algumas providências, e que se for necessário partir para uma luta corporal, não medirá esforços, pois já atuou como policial por duas vezes e está preparado para morrer e para matar.

A conversa entre os dois dá a entender que as ameaças começaram depois de o advogado Yury Thrury ter insinuado, em outro momento, que possui elementos probatórios que comprovam irregularidades praticadas por vereadores da mesa diretora da Camara Municipal de Figueiredo, inclusive, de Anderson Leal. A afirmação deixou Fábio extremamente incomodado e, durante a conversa, ele afirma que foi pressionado para tomar “providências”.

“Eu só vou te avisar uma coisa: nós somos 17 pessoas aí em Figueiredo. A política é esse joguinho aí mesmo. É bafafá todo dia, quem não gostar que saia. Ele é meu primo, p**. O cara ‘tá’ pedindo ‘pra’ eu tomar providências. Eu fui policial duas vezes, mano. Eu sei me proteger.  Eu atiro bem, eu brigo bem, sou homem de porrada. Olha, eu me garanto, já fui policial duas vezes. Então,  eu tenho treinamento pra matar e pra morrer”, diz Fábio.
A gravação da conversa entre os dois passou a ser compartilhada nas redes sociais e tem causado grande repercussão no município.

Embate
Yury Thury é advogado de acusação no processo em que o vereador Jonas Castro (PSB) – que atualmente compõe a mesa diretora da Câmara Municipal – é réu. O parlamentar responde na Justiça pelos crimes de lesão corporal grave e direção perigosa, por ter atropelado e matado a fiscal de meio ambiente, Clemência Assunção, em 2015.
Já a defesa do vereador é feita por Fábio Leal e mais outros três advogados, funcionários da Câmara Municipal de  Presidente Figueiredo.
Fonte: Portal Cr7

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.