Header Ads

Frente Parlamentar pela Região Metropolitana agora é realidade na ALE-AM

MANAUS - A Região Metropolitana de Manaus (RMM), agora conta com uma Frente Parlamentar voltada para ações que visem seu desenvolvimento social e econômico.
O projeto idealizado pelo presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Revisão Territorial da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Platiny Soares (PSL), foi criado através da Resolução Legislativa nº 655, de 21 de fevereiro de 2018, sendo oficializado na manhã desta terça-feira (20).

Segundo Platiny, que também é presidente da Frente Parlamentar, a ação objetiva o resgate da dignidade das populações dos 13 municípios que integram a RMM. “Mesmo com o advento da Região Metropolitana, essas cidades não foram contempladas, pelas promessas de desenvolvimentos econômico e social feitas no passado”, lembrou Platiny Soares.

De acordo com o Artigo 2º, parágrafo II da Resolução Legislativa, serão realizados simpósios, audiências públicas, seminários, entre outros dispositivos para que a população possa apresentar de maneira direta aos parlamentares, as demandas necessárias para o seu bem estar.

Vice-presidente da Frente Parlamentar, o deputado estadual Francisco Souza (Podemos), destacou que serão produzidos relatórios de atividades, para garantir ampla publicidade e divulgação das ações. “É um trabalho que pretende manter ações reais e efetivas”, frisou Francisco Souza.

Os deputados participarão das ações organizadas pela Frente Parlamentar, de maneira voluntária, tendo apoio da COMAM e do Centro de Cooperação Técnica com o Interior (CCOTI). Serão implementadas ações de cooperação com órgãos públicos, iniciativa privada e organizações da sociedade civil organizada, que participarão como apoiadores.

Saiba mais sobre a RRM

A Região Metropolitana de Manaus é a maior metrópole da Região Norte do país, com cerca de 2,5 milhões de habitantes e a 7ª mais populosa da federação. Foi instituída no ano de 2007, pela Lei Complementar Estadual nº 52, sendo ampliada em 2009, pela Lei Complementar nº 09.

Ela reúne 13 municípios do Estado, sendo composta pelos municípios de Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Manaus, Novo Airão, Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo, Autazes, Itapiranga, Manaquiri e Silves.

É o centro político, financeiro, comercial, educacional e cultural do Amazonas. Com um Produto Interno Bruto (PIB), que somava em 2014 cerca de R$ 73.130 bilhões, dos quais 90% pertenciam à cidade de Manaus.


Imagens: Fábio Romão/Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.