Header Ads

Na Aleam, David recebe visita do General César Nardi, novo Comandante Militar da Amazônia

ALEAM - Focado em manter uma forte atuação do Exército Brasileiro nas fronteiras, a fim de combater o tráfico de drogas e de armas, o general César Nardi, assume nesta sexta-feira (16), o Comando Militar da Amazônia (CMA).

Em substituição ao general Antônio Miotto. A afirmação foi feita durante visita ao presidente Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida, na manhã de hoje.

O novo comandante substitui o general Antônio Miotto, que após dois anos à frente do CMA, se despede do Amazonas para assumir o Comando Militar do Sul, em Porto Alegre (RS). Durante a conversa, na sala da presidência da Casa Legislativa, Nardi explicou que já morou em Manaus e conhece a Amazônia, o que, em sua visão, vai contribuir para este novo desafio.


“A Amazônia está no coração de todos os militares. Tive algumas passagens por aqui, como oficial. Morei em Manaus na década de 1970, fui aluno da primeira turma do Colégio Militar. Sei da enorme responsabilidade que é assumir este Comando pela importância da nossa Amazônia, não só na função de proteção, mas de cooperar com o desenvolvimento da região. Estou satisfeito e honrado em assumir essa função. O general Miotto me passa o comando em condições excelentes”, disse, destacando os três principais focos de sua atuação.


David Almeida deu as boas vindas ao General Nardi, desejou uma boa gestão e colocou a Assembleia à disposição como instituição parceira do CMA. O foco, segundo fez questão de destacar, é na cooperar para o desenvolvimento e atuação nas regiões de fronteira junto às populações, combater os ilícitos comuns em municípios mais próximos de países como Peru e Colômbia. 

“Desejo uma boa e profícua gestão à frente do CMA, ao General César Nardi. No que o Parlamento Amazonense puder ajudar, estaremos à disposição. Temos muito respeito à instituição (Exército Brasileiro), e entendemos o papel relevante na segurança das nossas fronteiras mais longínquas, comuns à realidade amazônica”, falou.


Balanço positivo

O General Antônio Miotto deixa o CMA após dois anos e vai assumir o Comando Militar do Sul. Durante a visita à Aleam, Miotto fez um balanço de sua atuação na Amazônia e destacou a importância do Hospital Militar em São Gabriel da Cachoeira e o patrulhamento nas fronteiras, que em janeiro deste ano, apreendeu mais de cinco toneladas de skunk. 

“Foram dois anos no Comando Militar da Amazônia, com efetivo de  21 mil homens e mulheres. Nós conseguimos fazer duas coisas importantes. Primeiro a mão amiga, com atendimento das pessoas mais carentes, como índios, ribeirinhos e caboclos, nos locais mais distantes. Por exemplo, os nossos hospitais de Tabatinga e São Gabriel da Cachoeira atendem mais de 90% da população. O segundo é o braço forte, que é o emprego das tropas, coibir o ilícito transnacional e o narcotráfico e tráfico de armas, e além do desmatamento e garimpo ilegal", destacou.


FOTOS: DHYEIZO LEMOS

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.