Header Ads

Pisol em Colisão - Baba, Suplente de Marielle, foi expulso do PT, em 2003, após criticar o governo Lula e atualmente mesmo sendo do Pisol, não aceita a indicação de Boulos

RIO - João Batista Oliveira de Araújo, conhecido como Babá, que aparece na foto ao lado de Heloisa Helena e Luciana Genro, é o suplente de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro assassinada na noite da quarta-feira, 14/03.
Nas eleições de 2016, Babá recebeu 6.661, ficando como o primeiro suplente do PSOL. Natural do Pará, Estado pelo qual foi eleito deputado Federal, Babá foi expulso do PT em 2003, junto com Heloísa Helena e Luciana Genro, após criticar os rumos tomados pelo governo do ex-presidente Lula.


Após a expulsão do PT, Babá mudou seu domicílio eleitoral para o Rio de Janeiro, em 2004, quando ajudou a fundar o PSOL naquele estado. Em 2015, o político paraense chegou a ocupar o cargo de vereador na Câmara do Rio, na vaga de um vereador eleito para a Assembléia Legistiva do Estado do Rio de Janeiro. Em 2016, não conseguiu os votos necessários para ser eleito, mas, agora, deve assumir a vaga deixada por Marielle.

Contra os rumos do PSOL

Assim como aconteceu em 2003, ao criticar os rumos tomados pelo PT de Lula, agora, Babá está novamente em rota de colisão com o seu partido que lançou Guilherme Boulos como candidato à Presidência da República. Boulos é um ativista político e social, professor e escritor. Ele é membro da Coordenação Nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). No lançamento, foi exibido um vídeo de Lula apoiando a candidatura de Boulos.

Recentemente, Babá publicou um vídeo criticando severamente essa decisão do PSOL e, de novo, entra em choque com outro partido da esquerda que ele ajudou a fundar e no qual está filiado até hoje. Outras lideranças do PSOL também não apoio o nome de Boulos como candidato à Presidência da República, por ele ser muito ligado ao Partido dos Trabalhadores.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.