Header Ads

Ao estilo Dilma Rousself, Amazonino diz " “O combate à insegurança não é só simplesmente o trabalho de combate feito pela polícia. É um negócio técnico, científico. É por isso que nós estamos perdendo a guerra, porque o nosso combate não é técnico, não é científico”, ao receber a equipe de Giuliani Security & Safety em Manaus. #Oremos

AMAZONAS - O governador Amazonino Mendes recebeu nesta segunda-feira (14/05), na sede do Governo, bairro Compensa II, zona oeste de Manaus, uma equipe de consultores da Giuiliani Security & Safety, que inicia nesta semana uma série de visitas a estruturas do sistema de segurança pública do estado.
“O combate à insegurança não é só simplesmente o trabalho de combate feito pela polícia. É um negócio técnico, científico. É por isso que nós estamos perdendo a guerra, porque o nosso combate não é técnico, não é científico”, disse Amazonino ou a Dilma, enfim.


"É a primeira etapa do trabalho de consultoria internacional que vai desenvolver, em parceria com o governo estadual, estratégias de combate à criminalidade no Amazonas", disse Amazonino.


“Estamos conscientes de que a luta será muito difícil. Vamos encontrar, inclusive, opositores, de conveniências politiqueiras. Mas acreditamos que a equipe experiente sabe que as coisas são assim mesmo. E aqui no estado agirá como uma ação prioritária. Não haverá nenhum óbice, empecilho, que nós não removamos. Queremos dar todas as condições possíveis de trabalho para a equipe”, disse Amazonino em reunião com os consultores, que contou com a presença do vice-governador, Bosco Saraiva, e toda a cúpula do sistema de segurança do estado.


Estilo Dilma Rousselfet
O governador do Amazonas afirmou, ainda, que o combate à criminalidade não pode prescindir da tecnologia, do conhecimento técnico e científico. “O combate à insegurança não é só simplesmente o trabalho de combate feito pela polícia. É um negócio técnico, científico. É por isso que nós estamos perdendo a guerra, porque o nosso combate não é técnico, não é científico”, afirmou, ao ressaltar que o Brasil vive uma situação gravíssima ao registrar elevados índices de homicídios.


Estilo Dilma Rousselfet 2

“Aqui com a nossa vizinhança, exige-se tecnologia. Então, não entendi quando me criticaram quando fui buscar a melhor tecnologia do mundo. Deveriam aplaudir ( Giuliane virou Tecnologia, enfim #Oremos)

Eu não posso dizer que amanhã está resolvido o problema. Eu estou plantando para o futuro. Se tivessem plantado lá atrás ninguém estava nessa situação”, frisou Amazonino.


Bosco Saraiva perdido e humilhado, após fracassar na secretaria de segurança, disse,
Durante a reunião com os membros da comitiva internacional, o vice-governador, Bosco Saraiva, também expressou a preocupação com as fronteiras do Amazonas, porta de entrada do tráfico internacional de drogas. “O Amazonas é uma rota para os narcotraficantes, são quatro mil quilômetros de fronteiras com os maiores produtores de drogas do mundo”, destacou. 

Com a palavra a CEO
O CEO do escritório “Giuliani Security & Safety”, John Huvane, declarou estar muito feliz em poder ajudar a população do Amazonas no combate à violência e elogiou o comprometimento da cúpula de segurança do Governo do Amazonas.


“Faremos reuniões individuais para entender como cada departamento funciona. Ao final, não vamos dar uma visão acadêmica mas, sim, prática, para resolver o problema”, explicou John Huvane.


“Entendemos as limitações dos policiais e do sistema judiciário do país. Sabemos que o trabalho policial termina na mesa dos juízes. Queremos fortalecer o trabalho de investigação da polícia para não deixar nenhuma ponta solta e entregar ao judiciário um material mais amarrado. Queremos entender todo o processo, desde o crime até o julgamento”, completou.


John Huvane esteve à frente do trabalhado de redução da criminalidade na cidade norte-americana de Nova Iorque, no mandato do então prefeito da cidade, Rudolph Giuliani. Ele destacou que a equipe de Giuliani conseguiu reduzir o número de homicídios na cidade, de três mil ao ano, para 60 ao ano. John Huvane também falou do resultado obtido em Medelín, na Colômbia, onde, em cinco meses e meio, houve a redução de 42% dos crimes.



Integração internacional – Também desembarcou, em Manaus, o deputado argentino Jorge Alberto D’onofrio, presidente da Comissão de Segurança Pública, Política e Saúde Prisional, da Câmara de Deputados da Província de Buenos Aires, para acompanhar o início dos trabalhos do escritório norte-americano na capital do Amazonas.

Na sede do Governo, o parlamentar da Argentina elogiou mais uma vez a iniciativa do governador em contratar o maior escritório de segurança do mundo.

Amazonino colocou o Governo do Amazonas à disposição do país para a relação parceira no combate ao crime. O parlamentar argentino quer que o governador, com sua experiência, seja a voz no combate à criminalidade entre nos países sul-americanos, e propôs a criação de um convênio entre os dois estados voltado para o combate à criminalidade.


Visitas – Após a reunião na sede do Governo, os consultores, seguiram para as visitas técnicas iniciando pelo Residencial Viver Melhor, no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus, onde a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), mantém uma unidade móvel de monitoramento. Acompanharam a comitiva, o vice-governador Bosco Saraiva, o secretário de Segurança Pública, coronel PM Anézio Brito de Paiva, o comandante da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel PM David Brandão, e o delegado geral da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Mariolino Brito.


De acordo com o vice-governador, a decisão de levar a comitiva inicialmente ao residencial foi para que os consultores pudessem conhecer de perto como vive parcela da população em uma das áreas mais populosas da cidade. No residencial, vivem 1.200 famílias, cercadas por áreas de invasão, numa região vulnerável á criminalidade. Por essa razão, destacou Bosco Saraiva, a SSP-AM mantém uma unidade monitoramento para reforçar o combate ao crime.

“Já estamos fazendo prospecção de campo, ‘pari e passu’, acomodação das informações técnicas de cada grupo especializado da nossa área de segurança. Já se iniciou hoje um grande projeto que, se Deus quiser, vai melhorar muito a segurança do Amazonas. Iniciamos pelo Viver Melhor e visitaremos todas as áreas da cidade e também regiões do interior, fornecendo os dados técnicos que nosso corpo de segurança dispõe no momento”, afirmou Bosco Saraiva.

As visitas acontecem durante toda a semana. Na tarde desta segunda-feira, a equipe visitará a SSP-AM e o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). Até o próximo sábado (19/05), outros órgãos do sistema de segurança receberão a visita da comitiva, que incluiu, no roteiro, o Complexo Penitenciário Anísio Jobim, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM), Arquidiocese de Manaus, Ministério Público do Estado (MPE) e Federal (MPF), Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. 

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.