Header Ads

Enquanto o Governador Marcio França (PSB) de São Paulo diz que os especialistas em segurança são os "policiais militares" , o do Amazonas esta contratando uma empresa americana do ex-prefeito de Nova York por R$ 5 milhões, para ensinar os PMs.

BRASIL - O governador Márcio França (PSB) disse nesta segunda-feira (14) que quem ofender a farda da Polícia Militar, ofender a integridade policial, está correndo risco de vida. Ele esteve em Araçatuba (a 540 km de SP) para assinar convênios e entregar unidades habitacionais na região.

Como mostrou reportagem da Folha de S.Paulo, França contrariou a Polícia Militar ao organizar uma cerimônia em homenagem à cabo Katia da Silva Sastre, 42, que matou um ladrão durante uma tentativa de assalto em frente a uma escola em Suzano (Grande SP). Toda a ação foi gravada por câmeras de monitoramento.

"As pessoas têm que entender que a farda deles [PM] é sagrada, é a extensão da bandeira do Estado de São Paulo. Se você ofender a farda, ofender a integralidade do policial, você está correndo risco de vida. É assim que tem que ser", afirmou o governador.

"É claro que a gente gostaria que não acontecessem casos assim, mas quando acontecem casos como este, eu fiz questão de elogiar. Acima de tudo, como mãe, ela deu um exemplo para a sociedade. Os jornais podem criticar, eu respeito quem critica, mas a maioria de São Paulo elogiou e acha que está correto, que a atitude da moça foi decente", continuou;

"Quando um médico, a polícia, um político fazem coisas erradas, a gente não tem que criticar? Do mesmo jeito, quando fazem uma coisa certa, que é acima da obrigação, a gente tem que elogiar. Não custa nada elogiar. A PM é o único setor público em que, quando falham, são identificados. Em qualquer lugar que eles andam, sabem que são policiais. Então são vulneráveis", acrescentou França.

O governador criticou reportagem sobre ele contrariar a PM. "A Folha está totalmente equivocada porque ela ouviu especialistas em segurança. A meu ver, os especialistas em segurança são os policiais militares".

No Amazonas
o governador Amazonino Mendes ressaltou o pioneirismo do Amazonas em trazer para o Brasil uma consultoria da área de segurança reconhecida mundialmente. Segundo ele, o investimento do governo é mínimo se considerado os resultados esperados com a contratação do escritório “Giuliani Security & Safety”, de Rudolph Giuliani, especialista em segurança que reduziu em 60% a criminalidade em Nova Iorque (EUA), quando foi prefeito da cidade.

 “Nós estamos contratando o que há de melhor no mundo para enfrentar um problema angustiante e que o Brasil vem sendo derrotado, sistematicamente, em todas as cidades, em todos os estados. E a nossa cidade, Manaus, teve uma evolução galopante, no ponto de vista negativo em relação à segurança. Lá atrás, quando governei, o Amazonas era o menor índice brasileiro de criminalidade. Hoje, é um dos primeiros e somos os campeões no excedente de população carcerária. Isso foi rápido, em 15 anos”, ressaltou Amazonino.

Nenhum comentário:

Patrocinador

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.